Amanda Nunes descarta falta de motivação e promete reconquistar o cinturão das galos

A 'Leoa' afirmou que está totalmente motivada para a revanche contra Julianna Peña e cravou que voltará a reinar na divisão até 61,2kg

Amanda Nunes em coletiva de imprensa antes do UFC 259. Foto: Reprodução/Instagram

Diante de Julianna Peña, Amanda Nunes sofreu sua primeira derrota em sete anos, mas se engana quem pensa que a ‘Leoa’ ficou abalada com a situação. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, a ex-campeã das galos (até 61,2kg) deixou claro que está motivada para a revanche contra a ‘Megera Venezuelana’ e cravou que irá recuperar o cinturão da categoria.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Esse foi meu primeiro cinturão e quero muito ele de volta. Essa derrota me motivou muito. Ao invés de me desmotivar, realmente injetou fogo em mim e me fez repensar muitas coisas, fiz várias mudanças na minha vida. Vou continuar nessa vibe. Vou dançar a música que toca e não vou deixar nenhum cinturão passar sem uma resposta. Meu amor pelo esporte fala mais alto. Amo tudo que envolve o MMA. É sempre difícil para alguém se aposentar, especialmente, no auge. A revanche será outra grande conquista. Vou recuperar o cinturão, sem dúvida, e será histórico. É isso que me deixa tão fascinada por esse esporte”, disse a ‘Leoa’.

A ex-campeã das galos admitiu que não teve uma boa atuação no primeiro confronto, mas revelou que está consciente de onde errou no confronto e que os problemas não irão se repetir na aguardada revanche.

PUBLICIDADE:

“Por algum motivo, tive que perder naquela noite pelos erros que cometi no meu camp e durante a luta. Se realmente estivesse 100% e treinando bem, aquela luta com certeza seria minha e continuaria com meu cinturão. Mas, pelas minhas decisões e por ser teimosa às vezes, perdi. Todos passam por isso. Às vezes, temos que apanhar até aprendermos e foi o que aconteceu comigo. Cometi um erro que me custou o cinturão e agora vou lutar para recuperá-lo”, finalizou Amanda.

Ex-campeã das galos, a ‘ Leoa’ já tem data marcada para tentar recuperar o cinturão. No UFC 277, programado para o dia 30 de julho, a brasileira subirá ao octógono pela segunda vez contra Julianna Peña buscando se vingar da derrota sofrida em dezembro de 2021. A atleta tupiniquim possui um cartel de 21 triunfos e cinco reveses no MMA.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276