Vítima de Poatan no passado, Adesanya se diz ansioso para enfrentar brasileiro no UFC: ‘Aqui não é kickboxing’

Campeão dos médios se apoia em novo cenário para ter sucesso em eventual revanche contra antigo rival

A. Poatan (esq.) venceu I. Adesanya (dir.) por duas vezes n kickboxing. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Vítima de Alex Poatan por duas vezes nos tempos de kickboxing, Israel Adesanya não parece se sentir intimidado com a presença do brasileiro no elenco do Ultimate. Grande estrela do UFC 276, que acontece em 2 de julho, o campeão dos médios (até 83,9kg.) admitiu que está ansioso para uma revanche contra o paulista dentro das regras do MMA. Para o nigeriano, o novo cenário impedirá qualquer surpresa em eventual luta.

PUBLICIDADE:

“Aqui não é kickboxing, é MMA. Não existem aquelas luvas de travesseiro. São luvas de quatro onças, armas letais que eu estou ansioso para usá-las no rosto dele (Poatan). Isso, depois que eu passar por Jared Cannonier”, garantiu Adesanya, em coletiva de imprensa.

Veja Também

No topo absoluto dos médios desde 2019, Israel se encaminha para sua quinta defesa de cinturão. No UFC 276, o nigeriano encara o número dois no ranking e espera ter novo sucesso no compromisso.

PUBLICIDADE:

Lenda do kickboxing e antigo duplo campeão no Glory, Poatan também se apresenta no evento de 2 de julho. O brasileiro ter luta decisiva contra Sean Strickland, em peleja que pode confirmá-lo como desafiante ao cinturão.

Fora do MMA, Alex e Israel dividiram o ringue em duas ocasiões. No primeiro encontro, ocorrido em 2016, o tupiniquim venceu na decisão unânime dos juízes. Na revanche, realizada em 2017, o tupiniquim levou o triunfo com um duro nocaute no terceiro round.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276