‘Novo McGregor’, Paddy Pimblett finaliza Jordan Leavitt no UFC Londres e vence a terceira consecutiva na organização

Com uma atuação inteligente, o prospecto inglês teve paciência para trabalhar o seu jogo e conseguir um mata-leão sobre o norte-americano no segundo round

P. Pimblett comemora vitória sobre J. Leavitt (Foto: Instagram/@ufc)

O ‘Trem do Hype’ segue firme. Na tarde deste sábado (23), no card principal do UFC Londres, o prospecto Paddy Pimblett fez mais uma vitíma. O ‘Novo McGregor’ conseguiu suportar a pressão inicial de Jordan Leavitt e com um mata-leão finalizou o norte-americano na metade do segundo round. O espetáculo aconteceu na tradicional O2 Arena.

PUBLICIDADE:

Com a vitória, Pimblett segue invicto vestindo as luvas do Ultimate e agora marca o seu terceiro triunfo consecutivo. O prospecto inglês agora possui um cartel de 18 vitórias e apenas três derrotas em sua carreira. Por outro lado, o norte-americano Jordan Leavitt tem a sua boa sequência interrompida e passa a marcar 10 resultados positivos e dois negativos no esporte.

A LUTA

Pimblett começou arriscando um chute alto e tentando encurralar Leavitt, que logo travou o seu rival na grade. Jordan tentou levantar o prospecto e após muita insistência, conseguiu, porém, deixou o pescoço um pouco exposto e o inglês tentou encaixar uma finalização, sem sucesso. Leavitt seguiu travando o seu rival e não dava espaços para o inglês respirar. Paddy conseguiu escapar, porém, após poucos segundos, Leavitt tentou encurtar novamente, mas foi quedado e ficou por baixo da promessa no solo. Nos últimos segundos, Pimblett terminou o round golpeando o seu rival na montada.

PUBLICIDADE:

Na segunda parcial, Leavitt tentou golpear o seu rival com chutes altos na linha de cintura, mas Paddy respondeu com um jab e direto. Jordan levou o duelo para a grade novamente e tentava derrubar o prospecto inglês, mas Pimblett era perigoso nas tentativas de finalização. Mesmo colado a grade, o inglês acertou uma joelhada no norte-americano e foi para as suas costas, onde ‘fechou o cadeado’ e pegou o mata-leão, até a desistência do seu rival. Fiim de luta na O2 Arena.

Molly McCann supera início ruim e nocauteia Hannah Goldy no primeiro round

M. McCann venceu mais uma de virada no UFC (Foto: Instagram)

E ela fez de novo. Lutando em casa novamente, Molly McCann começou o combate sendo dominada por Hannah Goldy e parecia em apuros. Porém, no segundo round, a lutadora inglesa acertou um cruzado que desnorteou a norte-americana, na sequência, Molly acertou um soco giratório e castigou a sua rival com uma ‘chuva de cotoveladas’ que obrigaram o árbitro Herb Dean a interromper o confronto.

PUBLICIDADE:

Em grande fase na carreira, Molly alcança a sua terceira vitória consecutiva na organização e agora se aproxima de uma vaga no ranking da divisão das moscas (até 56,7kg). A lutadora inglesa agora possui um cartel de 13 triunfos e quatro reveses. Hannah Goldy, por outro lado, marca seis resultados positivos e três negativos no esporte.

Volkan Oezdemir aproveita cansaço de Paul Craig e derrota o seu rival por pontos

P. Craig recebe um golpe pesado de V. Oezdemir (Foto: Instagram/@ufc)

PUBLICIDADE:

O combate que abriu o card principal do UFC Londres não irá deixar saudade aos fãs de MMA. Após um início intenso na luta agarrada diante de Volkan Oezdemir, Paul Craig cansou ainda no fim do primeiro round e se tornou presa fácil do suíço durante o restante do duelo. Apesar dos ‘esforços’, o escocês não conseguiu mais se apresentar de forma digna e foi batido por pontos pelo seu rival. O público presente na O2 Arena vaiou os dois rivais ao fim dos 15 minutos previstos.

Ex-desafiante dos meio-pesados, Oezdemir se recupera da sequência negativa de duas derrotas e volta a vencer na organização. O lutador suíço agora possui um cartel de 18 triunfos e seis reveses no MMA profissional.

Vindo de cinco vitórias em suas últimas seis lutas, Paul não mostrou no UFC Londres as boas atuações que vinha entregando no octógono. O atleta escocês agora marca 16 resultados positivos, cinco negativos e um empate no esporte.

Em luta morna, Jack Hermansson vence Chris Curtis por pontos

J. Hermansson após vitória no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

A luta co-principal do UFC Londres será esquecida pelos fãs de MMA antes mesmo do próximo evento da organização. Após 15 minutos de muita inspiração e pouca ação, o sueco Jack Hermansson bateu o norte-americano Chris Curtis na decisão unânime dos juízes. Hermansson agora possui um cartel de 23 triunfos e sete reveses. Já o seu rival, marca 29 resultados positivos e oito positivos no esporte.

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC