Jones reconhece habilidades de Glover: ‘Ele intimidaria boa parte do planeta’

Campeão dos meio-pesados diz que foi sua decisão enfrentar brasileiro em vez de realizar revanche com Alexander Gustafsson

Jon Jones elogiou habilidades de Glover Teixeira. Foto: Josh Hedges/UFC

Jon Jones elogiou habilidades de Glover Teixeira. Foto: Josh Hedges/UFC

Jon Jones ainda não sabe exatamente quando voltará a defender o seu cinturão dos meio-pesados no UFC. No entanto, o campeão elogiou as habilidades de seu próximo desafiante, Glover Teixeira, que vem invicto após cinco combates na organização.

Após a apertada vitória de Jones contra Alexander Gustafsson no UFC 165, esperava-se que uma revanche imediata seria realizada. Porém, Jones revelou, em entrevista ao site MMA Fighting, que foi sua decisão o combate contra Teixeira.

“Foi decisão minha enfrentar Glover Teixeira e acho que é uma decisão que deveria ser respeitada. Estou me preparando para enfrentar este brasileiro que ganhou 20 lutas seguidas, que é forte, que acaba com seus oponentes. Acho que ele intimidaria boa parte do planeta”, comentou o campeão.

Jones chegou a criticar o UFC por ter colocado Gustafsson para enfrentar Rogério Minotouro, já que o campeão deu a entender que o evento gostaria de facilitar o caminho do sueco rumo a mais uma disputa pelo título. Isso fez com que o presidente do UFC, Dana White, rebatesse o lutador.

Questionado sobre a resposta do dirigente, Jones compreendeu que não é o seu papel se importar com as lutas de seus adversários. “O meu trabalho como campeão é lutar contra o melhor cara, seja ele Gustafsson, Jimi [Manuwa, novo adversário de Gustafsson com a lesão de Minotouro] ou Teixeira. Então, vou aceitar o conselho de Dana e deixar tudo isso para lá”, encerrou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments