Diego Brandão aposta em jiu-jitsu para bater Dustin Poirier

Brasileiro aposta que luta de solo é o grande buraco no jogo do seu adversário

D. Brandão (foto) faz a luta que abre o card principal do UFC 168. Foto: Josh Hedges/UFC

D. Brandão (foto) faz a luta que abre o card principal do UFC 168. Foto: Josh Hedges/UFC

Faixa-preta em jiu-jitsu, o brasileiro Diego Brandão espera que a arte suave seja o caminho para vencer o duelo contra Dustin Poirier neste sábado (28), no UFC 168. Em entrevista ao site “MMA Junkie”, Brandão disse considerar a luta de chão como o caminho para definir o combate.

“Eu vou tentar algumas quedas para sentir como ele é no chão. Acho que a chave para essa luta é a minha vantagem no jiu-jitsu. Acho que o jiu-jitsu do Dustin é bom, mas não tanto quanto o meu. Eu planejo derrubar e encaixar uma finalização. Eu realmente acredito no meu jiu-jitsu”, afirmou Diego.

Consciente de que está diante do maior desafio de sua carreira, o brasileiro reconheceu, no entanto, que ainda não está próximo de uma disputa de cinturão. “Eu vou esperar por isso. Eu tenho muito para aprender e muito para mostrar. O Poirier quase lutou pelo cinturão uma vez, então sei que estou chegando perto. Existem muitos caras na frente, como o Frankie Edgar, o Chad Mendes e o Clay Guida. Acho que tenho que dar um passo de cada vez. Nós provamos nosso valor vencendo, nocauteando as pessoas. Estou focado em conseguir a vitória”, concluiu.

Neste sábado (28), Diego Brandão enfrenta o norte-americano Cub Swanson na luta que abre o card principal do UFC 168. No combate principal da noite, o brasileiro Anderson Silva tem a revanche contra seu algoz Chris Weidman pelo cinturão dos médios. Já no evento co-principal, as treinadoras do TUF 18 Ronda Rousey e Miesha Tate se enfrentam pelo título da divisão peso galo feminina.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments