Dana White revela que Mark Hunt defendeu Pezão após episódio de doping

Dirigente ainda afirmou que justificativa do brasileiro não o exime de culpa

Dana White não escondeu a frustração com o ocorrido com Pezão. Foto: Lucas Carrano/SUPER LUTAS

Dana White não escondeu a frustração com o ocorrido com Pezão. Foto: Lucas Carrano/SUPER LUTAS

Poucas coisas frustraram mais Dana White em 2013 do que o resultado dos exames antidoping do UFC Fight Night 33. Fã confesso da luta principal do evento, entre Mark Hunt e Antônio Pezão, o dirigente não escondeu sua decepção com o fato do brasileiro ter atuado com níveis elevados de testosterona devido à má administração do seu tratamento de reposição hormonal TRT. Em conversa com a imprensa após a coletiva do UFC 168, nesta quinta-feira (26), White surpreendeu ao revelar que Hunt chegou a defender Pezão ao ser comunicado sobre o ocorrido com o adversário.

“Eu falei com o Mark Hunt sobre isso e ele disse, ‘Eu não ligo para o que ele estava usando, para o que ele fez. Nós dois fomos lá e fizemos essa luta’. O Hunt, na verdade, defendeu ele e me disse: ‘Aquele cara entrou lá e lutou de igual para igual comigo e nós fizemos algo incrível’. Na verdade, Mark Hunt me deixou menos mal humorado sobre isso. Mas ainda assim…”, disse o presidente da organização, em Las Vegas (EUA).

White ainda disse que a justificativa apresentada por Pezão, de que o erro teria partido da instrução do médico licenciado pelo UFC no Brasil Dr. Márcio Tannure, não ameniza sua situação. “Eu não quero saber. Ele é adulto, é um homem, sabe o que está acontecendo. O que acontece é que, enquanto você está treinando, o uso da testosterona te ajuda a se recuperar mais rápido e tal, mas aquela dose extra na semana da luta só coloca os seus níveis lá em cima e não te ajuda de forma alguma. Se ele não tivesse tomado essa dose, teria certamente feito a mesma luta. Não vale a pena o risco. Por que arriscar? Se você tem um quarto do seu cérebro, você deveria pensar se vale a pena. Nós sempre vamos fazer o que a comissão atlética faz. Você acha que é bom para mim que esse cara caiu no teste? E já cansei de dizer o quanto eu amei aquela luta. Agora isso arruinou tudo!”, afirmou.

Por fim, Dana disse que a punição de Pezão vai ser rígida, mas admitiu que não vai se aplicar o rigor máximo ao brasileiro, que consistiria em uma possível exclusão do quadro de atletas da organização. “Agora ele não vai levar o dinheiro, pois nós íamos pagar aos dois a bolsa da vitória e o bônus de luta da noite, e ele perdeu as duas coisas. Então, todos os caras que estão por aí fazendo uso de TRT, que é legal, se você quer ferrar tudo depois de já ter sido testado, aqui estão as consequências. As consequências  não poderiam ser piores. Agora ele vai cumprir suspensão por um ano, perdeu o dinheiro que iria receber e eu tenho certeza de que também perdeu alguns patrocínios, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments