Cinco motivos para assistir o UFC 280, com Charles do Bronx x Islam Makhachev pelo cinturão dos leves

Após ter seu título retirado, o brasileiro volta a lutar pelo cinturão dos leves neste sábado, dessa vez contra o pupilo de Khabib Nurmagomedov;

C. do Bronx e I. Makhachev se encaram na pesagem cerimonial do UFC 280 (Foto: Instagram/@ufc_brasil)

Senhoras e senhores, chegou o dia. Após muitas provocações de ambos os lados, Charles do Bronx e Islam Makhachev finalmente subirão ao octógono para definir o novo campeão dos pesos leves (até 70,3kg). Na luta co-principal, Aljamain Sterling enfrenta o veterano TJ Dillashaw em duelo válido pelo cinturão dos galos (até 61,2kg). Ao todo, estão previstas 12 lutas para o card, que contará com três atletas brasileiros. O show será realizado na Ettihad Arena, em Abu Dhabi (EAU).

Para entrar no clima, a equipe do SUPER LUTAS selecionou cinco motivos para você acompanhar o UFC 280. Confira:

PUBLICIDADE:

Veja Também

Islam Makhachev antes de luta no UFC. Foto: Rperodução/Instagram

1) – Charles do Bronx x Islam Makhachev

C. do Bronx e I. Makhachev em encarada antes do UFC 280 (Foto: Reprodução/Youtube)

Mesmo após ter o seu cinturão retirado por problemas com a balança em sua última luta, Charles do Bronx segue mostrando que não teve a sua confiança abalada por esse incidente. O brasileiro continua fazendo questão de dizer que ‘o campeão tem nome’ e garante que nada tira de sua cabeça que ele está indo para mais uma defesa de título. Porém, dessa vez, o combate contra Islam Makhachev fugiu dos limites da semana da luta.

PUBLICIDADE:

Desde que o confronto contra o russo foi oficializado, Do Bronx e Islam iniciaram uma constante troca de provocações com direito a ‘dúvida’ se o brasileiro sequer se apresentaria em Abu Dhabi para lutar. Sem se abalar com nenhuma ‘alfinetada’, Charles seguiu focado no seu trabalho e prometeu nocautear o pupilo de Khabib Nurmagomedov ainda no primeiro round.

Independente do resultado, o vencedor do duelo será o legítimo ‘sucessor de Khabib’ que se aposentou invicto em outubro de 2020. Para Charles, uma vitória representa um possível lugar no ‘Olimpo do MMA’ como maior peso leve da história do esporte. Para Makhachev, um triunfo significa a confirmação de uma ‘lenda’ que circula nos bastidores há muito tempo: o lutador russo é melhor e mais talentoso do que o seu mentor e possui totais condições de escrever um legado ainda maior do que o ‘Águia’.

PUBLICIDADE:

2) – Possível retorno de Khabib Nurmagomedov

I. Makhachev é apontado como sucessor de K. Nurmagomedov no MMA. Foto: Reprodução/Instagram

Com dois anos de aposentadoria recém-completados, Khabib sempre deixou claro que nunca pensou em voltar atrás na sua decisão, mas desde que o duelo entre Do Bronx e Makhachev foi oficializado, as especulações cresceram de forma intensa. Nos bastidores, comenta-se que uma possível vitória de Charles tornaria o brasileiro o maior peso leve da história do esporte, o que poderia incomodar o ex-campeão invicto e fazê-lo retornar ao octógono para mostrar ‘quem é que manda’.

Khabib pendurou as luvas após a vitória sobre Justin Gaethje, em outubro de 2020. Então campeão dos leves, o russo se retirou de cena com um cartel invicto de 29 vitórias e cravou o seu nome na história do esporte, inclusive, já garantido no Hall da Fama da organização.

PUBLICIDADE:

3) – Aljamain Sterling x TJ Dillashaw; teremos um (não tão) novo campeão?

A. Sterling e TJ Dillashaw se encaram na pesagem cerimonial (Foto: Instagram/@ufc_brasil)

Com o fim (temporário?) da rivalidade com Petr Yan, hora de Aljamain Sterling seguir o seu caminho na divisão dos galos. No UFC 280, o ‘Funk Master’ irá enfrentar um dos maiores nomes da história da categoria: TJ Dillashaw, que vem para a sua primeira disputa de título desde que cumpriu suspensão de dois anos por doping. Um novo triunfo do lutador da equipe ‘Serra Longo’ pode apagar a má-impressão causada nos fãs desde a conquista do cinturão, em março de 2021.

A semana da luta também se desenrolou com uma enorme troca de provocações entre os dois lutadores. Sterling acusou Dillashaw de ser ‘trapaceiro’ e afirmou que não acredita que ele não faça mais uso de substâncias proibidas. O ex-campeão garantiu que cometeu ‘apenas um erro’ e rebateu dizendo que o ‘Funk Master’ já estaria buscando desculpas para uma eventual derrota.

Após cumprir dois anos de suspensão por doping, TJ Dillashaw retornou ao octógono em julho de 2021 batendo Cory Sandhagen em uma polêmica decisão dividida. Já com 36 anos de idade, o ex-Team Alpha Male ainda passou por uma longa recuperação para tratar uma lesão sofrida no joelho e mesmo com alguma reclamação dos fãs, terá a oportunidade de recuperar o reinado perdido há quase quatro anos.

4 ) – Primeiro desafio de elite para Sean O’Malley

P. Yan e S. O’Malley se encaram na pesagem do UFC 280 (Foto: Instagram/@ufc)

Considerado um dos maiores prospectos da organização na atualidade, Sean O’Malley terá o seu primeiro desafio na elite da divisão dos galos. No UFC 280, o ‘Sugar’ irá enfrentar o ex-campeão Petr Yan e para animar o duelo, a organização já prometeu um ‘bônus’: o vencedor do confronto será o próximo desafiante da categoria contra o vitorioso do embate entre Aljamain Sterling e TJ Dillashaw.

Oriundo do ‘Contender Series’, O’Malley chegou ao Ultimate em 2017 e sempre se destacou por seu estilo ‘ostentação’ e por suas vitórias no octógono, quase todas pela via rápida. Porém, os fãs criticavam a proteção excessiva da organização com o seu pupilo e reclamavam da falta de oponentes de alto nível para o garoto do cabelo extravagante. Caso vença Petr Yan, o céu será o limite para o ‘Sugar’.

Antigo dono do cinturão, Yan tenta retomar o seu caminho rumo ao trono após duas derrotas seguidas para Aljamain Sterling. O russo possui um boxe de altíssimo nível e possui vitórias sobre grandes nomes como José Aldo, Uriah Faber e Cory Sandhagen. Caso vença O’Malley, a trilogia contra Sterling irá se apresentar no horizonte para o antigo dono do cinturão.

5) – Brasil no card

C. Borralho bate o peso com tranquilidade para o UFC 280 (Foto: Twitter)

Além de Charles do Bronx, outros dois brasileiros subirão no octógono do UFC 280, em Abu Dhabi. O peso médio (até 83,9kg) Caio Borralho irá enfrentar o duro Makhmud Muradov, do Tadjiquistão. A peso galo (até 61,2kg) Karol Rosa medirá forças contra a sueca Lina Lansberg.

Contratada pelo Ultimate em 2019, Karol emendou quatro vitórias seguidas desde a sua estreia, mas foi derrotada pela veterana Sara McMann em seu último duelo, que aconteceu em março de 2022. A atleta tupiniquim possui um cartel no esporte de 15 triunfos e quatro reveses.

Lutando no UFC desde 2021, Caio Borralho venceu suas duas lutas na organização até aqui, contra Gadzhi Omargadzhiev e Armen Petrosyan. O embate contra Muradov será o primeiro duelo no brasileiro em um grande palco da empresa. O atleta tupiniquim possui um cartel de 12 triunfos, uma derrota e um no-contest.

Ficha técnica do UFC 280

Data: 22 de outubro de 2022

Horário: A partir das 11:40hrs (horário de Brasília)

Local:  Ettihad Arena, em Abu Dhabi (EAU)

Como assistirSUPER LUTAS AO VIVO em tempo real e Canal Combate (todo o card) pela TV

CARD PRINCIPAL (15h, horário de Brasília)

Peso leve (até 70,3kg.): Charles do Bronx x Islam Makhachev – Luta pelo cinturão

Peso galo (até 61,2kg.): Aljamain Sterling x TJ Dillashaw – Luta pelo Cinturão

Peso galo (até 61,2kg.): Petr Yan x Sean O’Malley

Peso leve (até 70,3kg.): Beneil Dariush x Mateusz Gamrot

Peso mosca (até 56,7kg.): Katlyn Chookagian x Manon Fiorot

CARD PRELIMINAR (11:40hrs, horário de Brasília)

Peso meio-médio (até 77kg.): Belal Muhammad x Sean Brady

Peso médio (até 83,9kg.): Makhmud Muradov x Caio Borralho

Peso meio-pesado (até 93kg.): Volkan Oezdemir  x Nikita Krylov

Peso meio-médio (até 77kg.): Abubakar Nurmagomedov x Gadzhi Omargadzhiev

Peso médio (até 83,9kg.): Armen Petrosyan x AJ Dobson

Peso mosca (até 56,7kg.): Muhammad Mokaev x Malcolm Gordon

Peso galo (até 61,2kg.): Karol Rosa x Lina Lansberg

Rivalidade à vista? McGregor provoca ex-campeão e leva resposta pesada

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300