Ex-usuários do TRT, Sonnen e Hendo recebem licença para lutar em Las Vegas

Falastrão vai enfrentar Wanderlei Silva no UFC 175 e veterano encara Daniel Cormier no UFC 173

Sonnen (esq.) e Hendo (dir.) são companheiros de treinos. Foto: Reprodução/MyValleyNews

Sonnen (esq.) e Hendo (dir.) são companheiros de treinos. Foto: Reprodução/MyValleyNews

Apesar das preocupações sobre as condições em que se apresentariam os atletas que se submetiam ao Tratamento de Reposição de Testosterona (TRT), dois dos principais nomes ligados à polêmica reposição hormonal foram liberados para lutar em Las Vegas pela Comissão Atlética do Estado de Nevada, primeira entidade a anunciar o veto ao treinamento. A Comissão anunciou que Chael Sonnen e Dan Henderson tiveram suas licenças para lutar aprovadas por unanimidade.

Dan Henderson enfrenta Daniel Cormier daqui a menos de duas semanas, no dia 24 de maio. O combate é a luta co-principal do UFC 173, que tem a disputa do cinturão dos galos entre Renan Barão e T.J. Dillashaw como luta principal. Já Sonnen encara o desafeto Wanderlei Silva no dia 5 de julho, no UFC 175. O combate entre o brasileiro e o norte-americano marca o aguardado duelo dos técnicos da terceira edição do reality show The Ultimate Fighter Brasil.

Desde fevereiro deste ano, o TRT está banido do MMA. A decisão foi tomada pela Comissão Atlética de Nevada, principal órgão regulamentador do esporte e seguida por outras das principais entidades correspondentes, como a Comissão Atlética Brasileira de MMA. O último atleta a entrar no octógono em meio ao tratamento de reposição hormonal foi justamente Dan Henderson, na luta contra Maurício Shogun em março. A exceção foi justificada pelo fato do veterano já ter conseguido previamente sua liberação para atuar em Natal (RN) junto à CABMMA.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments