Agente revela que Shogun foi assaltado por quatro homens armados com fuzis no Rio

Eduardo Alonso revelou que curitibano foi abordado por assaltantes portando fuzis na Linha Vermelha

M. Rua (foto) foi assaltado na Linha Vermelha, via expressa no Rio de Janeiro. Foto: Josh Hedges/UFC

M. Rua (foto) foi assaltado na Linha Vermelha, via expressa no Rio de Janeiro. Foto: Josh Hedges/UFC

O ex-campeão dos meio-pesados Maurício Shogun, um dos principais nomes brasileiros no MMA, passou por momentos de terror no início deste mês. Segundo Eduardo Alonso, empresário de Shogun, o atleta foi assalto por quatro homens armados com fuzis, após ter seu carro parado na Linha Vermelha (via expressa), no Rio de Janeiro (RJ).

LEIA TAMBÉM
– ‘Brasil não está pronto para a Copa’, diz Shogun após assalto
– Wand posta foto de Sonnen nocauteado e diz: ‘Será em julho’
– Rampage empurra King Mo na pesagem do Bellator 120

“A gente estava no Rio de Janeiro com o Demian (Maia) representando um patrocinador e fomos jantar com o Shogun. Ao final da noite, ele nos deixou no nosso hotel, na Barra da Tijuca, e foi para Niterói, onde ele estava hospedado. Nesse trajeto, dirigindo o carro de um amigo na Linha Vermelha, ele foi fechado por um carro, desceram quatro indivíduos armados de fuzil e roubaram o carro do amigo dele, roubaram a camiseta do Shogun, roubaram o dinheiro, documentos e falaram: ‘Eu sei quem você é, você é lutador, não tenta nada!’. De que jeito vai tentar? Foi uma situação lamentável”, disse Eduardo, em entrevista ao site “PVT”.

Segundo Eduardo, a situação ficou ainda pior, pois Shogun foi deixado sem camisa e descalço pelos assaltantes e teve que caminhar até a delegacia mais próximo do local do crime. “Os caras levaram tudo, levaram até a camiseta dele. Ele ficou descalço, no meio da Linha Vermelha, em plena madrugada e ninguém parava. Imagine um cara daquele tamanho pedindo carona sem camisa e descalço. Ele teve que caminhar cerca de dois quilômetros, descalço, na madrugada, até chegar a uma delegacia para fazer o boletim de ocorrência e ligar para alguém”, relatou.

Aos 32 anos, Maurício “Shogun” Rua tem um cartel de 22 vitórias e nove derrotas. O brasileiro, campeão do GP dos médios do PRIDE e ex-campeão dos meio-pesados do Ultimate, vem de derrota para Dan Henderson no UFC em Natal (RN). No combate, Shogun fraturou o nariz e passou recentemente por uma cirurgia no local. Segundo Eduardo Alonso, ainda não há estimativa de quando o curitibano voltará ao octógono. “Nós não temos certeza quando o Maurício estará liberado para lutar. Então, vamos esperar e ver se algo interessante acontece”, concluiu.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments