Em performance apática, Maria Oliveira é derrotada por romena no UFC 289 e se complica na organização

'Spider-Girl' foi superada por Diana Belbita na decisão unânime dos juízes e amargou a terceira derrota em quatro lutas

Diana Belbita derrotou Maria Oliveira no UFC 289 (Foto: Twitter/UFC)

Se na tarde deste sábado (10), Anitta brilhou no show de abertura da final da Liga dos Campeões, Maria Oliveira, amiga da cantora, não teve o mesmo sucesso na abertura do UFC 289 horas depois. Em duelo válido pelo peso palha (até 52,1kg), a ‘Spider-Girl’ foi derrotada por Diana Belbita na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-8). A brasileira demonstrou cansaço desde os meados do primeiro round e acabou superada pela romena.

Com o resultado, Maria Oliveira se vê em situação delicada no Ultimate. A brasileira amargou a terceira derrota em quatro lutas pela organização.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Do outro lado, Diana Belbita se recupera da derrota sofrida para a também brasileira Glorinha de Paula e respira aliviada no evento.

Maria Oliveira demonstra cansaço cedo e é superada na decisão

Logo após o toque das luvas, Maria Oliveira e Diana Belbita já partiram para a troca de golpes no centro do octógono. A romena conectou um overhand limpo no rosto da brasileira, que absorveu bem o golpe. Maria tentou uma joelhada voadora, mas o golpe foi bloqueado por Belbita. Maria conseguiu emplacar uma boa sequência com os punhos e terminou com uma queda, levando a luta para o solo e caindo na guarda da romena. Belbita tentou se levantar, mas foi mantida no solo pela brasileira. Maria tentou atacar em uma chave de pé, mas perdeu a posição e acabou ficando por baixo. Belbita se levantou, as duas trocaram força e a romena deixou uma boa joelhada na saída do clinch. Na troca de golpes no centro do octógono, Belbita conseguiu conectar mais um bom overhand de esquerda já nos últimos segundos do round.

PUBLICIDADE:

Diana Belbita não perdeu tempo e tentou emplacar uma sequência logo no início do segundo round, mas foi colocada para baixo por Maria Oliveira. Com a brasileira na guarda, Belbita desferiu algumas cotoveladas de baixo para cima, enquanto Maria buscava espaço para golpear. Belbita se levantou com o auxílio da grade, mas Maria continuou grampeada. Após alguns minutos, a romena conseguiu reverter a posição e colocar a brasileira na grade até a intervenção do árbitro, que mandou as duas voltarem ao centro do octógono. Maria lançou uma joelhada, mas teve a perna agarrada por Belbita, que levou novamente a luta para a grade e conseguiu aplicar uma bela queda e terminar o segundo round por cima.

Diana Belbita iniciou o terceiro round emplacando uma bela combinação e balançando a cabeça de Maria Oliveira com um golpe de esquerda. A brasileira tentou um soco giratório, mas não acertou em cheio. As duas trocavam golpes no centro do octógono, mas sem muita velocidade e potência. Maria conectou uma joelhada voadora, mas Belbita absorveu bem o golpe. A brasileira repetiu o movimento mais três vezes, mas sem acertar a romena.

PUBLICIDADE:

Kyle Nelson encerra invencibilidade de Blake Bilder e respira aliviado

Kyle Nelson derrotou Blake Bilder no UFC 289 (Foto: Twitter/UFC)

Na terceira luta do card preliminar do UFC 289, válida pela divisão dos penas (até 65,7kg), Kyle Nelson fez a alegria do público canadense ao derrotar Blake Bilder e acabar com a invencibilidade do norte-americano. A precisão e a potência nos golpes do lutador da casa fizeram a diferença para o resultado.

Com o resultado, Kyle Nelson se livra de uma sequência sem vitórias que já durava três lutas e respira aliviada na organização. O último triunfo do canadense havia ocorrido em setembro de 2019.

PUBLICIDADE:

Do outro lado, Blake Bilder conhece a primeira derrota da carreira em sua segunda luta no UFC. ‘El Animal’ tem agora um cartel profissional de oito vitórias, um revés e um empate.

Estreando no Ultimate, Stephen Erceg surpreende David Dvorak e vence na decisão

Stephen Erceg derrotou David Dvorak no UFC 289 (Foto: Twitter/UFC)

Convocado para estrear na organização com oito dias de antecedência, Stephen Erceg surpreendeu e derrotou o top 10 dos moscas (até 56,7kg) David Dvorak na decisão unânime dos juízes. Em duelo movimentado praticamente do início até o fim, o australiano chegou perto de finalizar a luta no segundo assalto, mas conquistou a vitória na mão dos juízes laterais ao fim dos três rounds.

A vitória sobre David Dvorak foi a nona consecutiva de Steve Erceg no MMA. O australiano de 27 anos tem agora dez triunfos e uma única derrota na carreira.

Do outro lado, David Dvorak amarga a terceira derrota seguida no octógono. Décimo colocado no ranking dos moscas, o tcheco não vence desde maio de 2021.

Roobet patrocina a cobertura do UFC 289

A cobertura do UFC 289 é patrocinada pela a Roobet. O evento traz como destaque a volta de Charles do Bronx ao octógono e Amanda Nunes na luta principal.

A Roobet patrocina Charles do Bronx e oferece uma superpromoção com até o dobro de ganhos se você apostar no brasileiro. Clique aqui para acessar o site, confira o regulamento e faça seu cadastro.

Leia Mais sobre: , , , , , , ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88