Hendo é a pessoa mais malvada com quem já dividi o octógono, elogia Cormier

Norte-americano destaca habilidades do oponente, mas diz que tem totais condições de ser campeão em breve

Cormier (foto) elogiou as habilidades de Evans, seu próximo oponente. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Cormier (foto) enfrentará Henderson no UFC 173. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Esta cobertura é patrocinada por: Esta cobertura é patrocinada por EVERLAST

O invicto Daniel Cormier tem uma luta de grande importância pela frente. Neste sábado (24), o norte-americano enfrenta o lendário Dan Henderson no co-evento principal do UFC 173, que será realizado na cidade de Las Vegas (EUA).

Mesmo tendo já enfrentado pedreiras como Josh Barnett, Antonio Pezão, Frank Mir e Roy Nelson, Cormier destacou o perigo trazido por Henderson e afirmou que o veterano é o maior oponente na sua carreira no MMA até então. “Para mim, ele é a maior e mais malvada pessoa com quem já dividi o octógono. Ele é forte, bate forte e pode lutar wrestling. O vejo como o Mike Tyson no boxe e [Marcus Almeida] Buchecha no jiu-jitsu. Estou pronto para o melhor lutador que pode existir”, enalteceu Cormier, em entrevista ao site norte-americano MMA Fighting.

Caso saia vencedor no sábado, ‘DC’ muito provavelmente receberá a chance de desafiar o campeão dos meio-pesados do UFC. O lutador se diz pronto para a chance e não tem dúvidas de que se tornará o novo dono do cinturão. “Se eu acredito que vou passar por cima desses caras? Não. Eu acredito que posso bater qualquer um desses caras? Sim. Eles são duros, mas eu posso bater Alexander Gustafsson e Jon Jones. Eu irei bater Dan Henderson. É o que eu devo fazer”, afirmou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments