Barão bate o peso e cola o punho no queixo de Dillashaw na pesagem do UFC 173

Dan Henderson se apresentou quase três quilos abaixo do limite; confira todos os resultados

Barão (esq.) cola a mão no queixo de Dillashaw (dir.), que responde a altura. Foto: Reprodução/YouTube

Barão (esq.) cola a mão no queixo de Dillashaw (dir.), que responde a altura. Foto: Reprodução/YouTube

Esta cobertura é patrocinada por: Esta cobertura é patrocinada por EVERLAST

Mesmo sem uma grande rivalidade contra T.J. Dillashaw, Renan Barão fez questão de se impor como campeão diante do desafiante na pesagem oficial do UFC 175, realizada nesta sexta-feira (23) em Las Vegas (EUA). Após passar pela balança com tranquilidade, cravando os 61,2 kg limites da categoria peso galo, o brasileiro foi para encarada com o adversário com o punho cerrado e em riste, colando-o no queixo de Dillashaw. O norte-americano não deixou por menos e ergueu os braços, posicionando-os próximos ao rosto do campeão.

Apesar do momento de apreensão, os protagonistas da luta principal da noite se cumprimentaram normalmente. Ainda no palco, Barão afirmou que não faz distinção entre Dillashaw e seus desafiante anteriores. “Eu vejo ele igual aos outros. Pra mim não existe diferença. Eu estou treinado 100% e vim aqui pra dar o meu melhor”, disse Renan, em entrevista ao comentarista oficial do Ultimate Jon Anik.

Hendo fica bem abaixo do peso-limite e Lawler se estranha com Ellenberger

Adversários no evento co-principal da noite, Dan Henderson e Daniel Cormier não tiveram problemas para bater o peso. Hendo se apresentou quase três quilos abaixo do limite da categoria, com 90,2 kg, enquanto Cormier cravou os 93 kg limites. Após passarem pela balança, a dupla protagonizou uma encarada amistosa.

O único momento tenso de toda a pesagem ficou por conta de Jake Ellenberger e Robbie Lawler. De olho no cinturão da categoria de meio-médios, os dois não quiseram saber de um clima ameno na balança. Após baterem 77,5 kg, Lawler e Ellenberger para a encarada sem trocar um cumprimento sequer ou mesmo um olhar amistoso. Os atletas continuaram se olhando fixamente mesmo após a intervenção do presidente Dana White.

Primeiro brasileiro a subir no palco montado no MGM Grand Garden, Francisco Massaranduba não teve problemas para bater o peso-limite da categoria peso leve. Após cravar os 70,3 kg, Massaranduba protagonizou uma encarada tranquila com Michael Chiesa, seu adversário na luta que fecha o card preliminar do evento.

Confira abaixo todos os resultados da pesagem do UFC 173:

CARD PRINCIPAL

Peso galo (até 61,2 kg): Renan Barão (61,2 kg) x TJ Dillashaw (61,2 kg);

Peso meio-pesado (até 93 kg): Dan Henderson (90,2 kg) x Daniel Cormier (93 kg);

Peso meio-médio (até 77,3 kg): Robbie Lawler (77,5 kg) x Jake Ellenberger (77,5 kg);

Peso galo (até 61,2 kg): Takeya Mizugaki (61,2 kg) x Francisco Rivera (61,2 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): Jamie Varner (70, 3 kg)x James Krause (70,7 kg).

CARD PRELIMINAR

Peso leve (até 70,3 kg): Michael Chiesa (70,7 kg) x Francisco Massaranduba (70,3 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): Tony Ferguson (70,3 kg) x Katsunori Kikuno (70,3 kg);

Peso galo (até 61,2 kg): Chris Holdsworth (61,2 kg) x Chico Camus (61,2 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): Al Iaquinta (70,3 kg) x Mitch Clarke (70,5 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): Anthony Njokuani (70,3 kg) x Vinc Pichel (70,3 kg);

Peso pena (até 66 kg): Sam Sicilia (66,2 kg) x Aaron Phillips (65,7 kg);

Peso meio-médio (até 77 ,3 kg): David Michaud (77,5 kg) x Li Jiangliang (77,1 kg).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments