Treinador de Dillashaw acredita que Barão não mereça revanche imediata

Duane Ludwig espera que brasileiro fique um tempo afastado das lutas para se recuperar de danos sofridos no UFC 173

Ludwig (de preto) chora ao abraçar Dillashaw após vitória no UFC 173. Foto: Divulgação/UFC

Ludwig (de preto) chora ao abraçar Dillashaw após vitória no UFC 173. Foto: Divulgação/UFC

Duane Ludwig, ex-treinador da equipe Team Alpha Male, não acha que Renan Barão deva receber uma revanche imediata após a perda do cinturão dos galos do UFC. No último sábado (24), o pupilo de Ludwig, TJ Dillashaw, chocou o mundo ao nocautear o brasileiro no quinto round, tendo apresentado um amplo domínio nos quatro períodos anteriores.

Ludwig, que se despediu do comando da Alpha Male justamente após o combate, deu sua opinião sobre o assunto ao site norte-americano Bloody Elbow. “Eu não acho que é justo que deem uma revanche imediata a Barão. A luta sequer foi apertada”, comentou. “Mas, aí, contra quem TJ lutaria? Quem é o desafiante número um? Ainda é Barão. Sei que ele precisará de um tempo para se recuperar, então duvido que ele será o próximo cara a lutar pelo cinturão.”

Com a vitória sobre Barão, Dillashaw chegou a um cartel de 10 vitórias e duas derrotas no MMA profissional. Seu último revés foi há três combates, quando perdeu para Raphael Assunção por decisão dividida no UFC Barueri, em outubro do ano passado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments