Wanderlei Silva é demitido do UFC por ‘fugir’ de antidoping antes da luta contra Sonnen

Presidente do UFC anunciou a dispensa do brasileiro após os problemas durante o exame surpresa para a luta contra Chael Sonnen

Wand (foto) deu seus palpites sobre as finais do TUF. Foto: Reprodução/YouTube

Wand (foto) está fora do UFC. Foto: Reprodução/YouTube

ATUALIZAÇÃODana White volta atrás e nega demissão de Wand

A saída da luta contra Chael Sonnen no UFC 175 custou caro para Wanderlei Silva. O presidente da organização, Dana White, anunciou que o brasileiro foi dispensado pelo evento. Segundo o dirigente, Wand fugiu dos representantes da Comissão Atlética de Nevada quando eles tentaram colher mostras de urina e sangue para testes médicos e antidoping surpresa.

VEJA: Em vídeo, Wand dá sua versão sobre antidoping

VÍDEOS SUPER LUTAS
– Maldonado: ‘Se vencer o Miocic é justo que entre no top 10′
– Warlley projeta melhor luta da temporada na final do TUF Brasil
– Shogun mira retorno em setembro ou outubro

“Wanderlei está fora do UFC. Logo após a conferência de imprensa do UFC 175, que aconteceu na véspera do UFC 173, em Las Vegas, membros da Comissão Atlética de Nevada foram até sua academia para um exame antidoping surpresa. Wanderlei simplesmente fugiu deles, saindo correndo pela porta dos fundos da academia. Ele entrou em seu carro e foi embora. Depois, pelo que eu soube, entrou em um voo da Malasyan Airlines para algum lugar, e não soube mais dele”, disse Dana White à revista inglesa Fighter’s Only.

AO VIVO: Assista a pesagem do TUF Brasil 3

O presidente do UFC ainda fez questão de salientar que a Comissão Atlética de Nevada é muito rígida sobre os exames antes das lutas e garantiu que Vitor Belfort, escolhido para substituir Wand na luta contra Sonnen, aceitou passar por todo o processo para obter a licença para atuar no show.

“Se você não faz os exames que lhe são pedidos pela NSAC (sigla da Comissão Atlética de Nevada), eles simplesmente não concedem a licença para lutar no estado. Assim que oferecemos a luta para Vitor Belfort, ele aceitou. Sonnen também aceitou. Tudo agora depende da obtenção da licença por parte de Vitor. Ele terá que fazer todos os testes e exames que a Comissão pedir, e eu acho que serão muitos. A reunião que decidirá a questão é dia 16 de junho, e eu estou confiante que Vitor conseguirá a licença”, encerrou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments