Cinco motivos para assistir o UFC 291, com Alex Poatan e disputa de cinturão BMF

O UFC 291 reúne seis brasileiros, estreia de Alex Poatan nos meio-pesados e a disputa do cinturão BMF, a siga para 'maior casca-grossa', entre Poirier x Gaethje

Jan Blachowicz (esq.) e Alex Poatan (dir.) em encarada antes do UFC 291. Foto: Reprodução/Instagram

Chegou o grande momento. Para encerrar o mês de julho, o Ultimate promove um espetáculo que promete agitar os ânimos dos fãs de MMA. Neste sábado (29), acontece o grandioso UFC 291, espetáculo que conta com 12 lutas programadas e destaques brasileiros em ação. Em evidência, estão as lutas entre Alex Poatan e Jan Blachowicz, além do confronto entre Dustin Poirier e Justin Gaethje.

Ex-campeão dos médios (até 83,9kg.), Poatan promove a aguardada estreia nos meio-pesados (até 93kg.) da companhia. O brasileiro medirá forças com o ex-campeão do grupo, Jan Blachowicz, em desafio que pode garantir ao vencedor a chance de disputar o título vago da categoria.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Famosos pela agressividade no octógono, Dustin Poirier e Justin Gaethje fazem a luta principal. Referência no peso leve (até 70,3kg.), os norte-americanos medem forças pelo cinturão ‘BMF’, que determina o ‘Mais Casca-Grossa’ da companhia.

Em fase dramática na carreira, Tony Ferguson também é nome a ser observado no show. Ex-campeão interino dos leves, o veterano de 39 anos tenta impor fim a uma sequência de cinco derrotas. No fim de semana, o lutador será adversário de Bobby Green.

PUBLICIDADE:

O Brasil conta com cinco representantes no card preliminar. Gabriel Marretinha, Marcos Pezão, Claudio Ribeiro, Vinicius Salvador e Priscila Pedrita levarão o verde-amarelo para o octógono.

Para entrar no clima, o SUPER LUTAS selecionou seis motivos para assistir o evento. Confira abaixo:

PUBLICIDADE:

1) Alex Poatan estreia nos meio-pesados

Alex Poatan estreia nos meio-pesados no UFC 291. Foto: Reprodução/Instagram

Estrela brasileira no MMA, Poatan fará a aguardada estreia nos meio-pesados da companhia. Depois do sucesso conquistado no peso médio, o atleta tenta repetir o feito em novo momento da carreira.

Para o debute, Alex foi escalado contra um adversário de peso. O antigo rival de Israel Adesanya medirá forças com Jan Blachowicz, ‘gigante’ polonês que liderou o grupo entre 2020 e 2021.

PUBLICIDADE:

Mesmo sem anúncio oficial, o encontro entre Poatan e Jan tem importância considerável à categoria. Com a lesão do, agora, ex-campeão Jamahal Hill e consequente abdicação do trono, o grupo precisa de dois representantes para luta pelo cinturão vago. O vencedor da luta co-principal do UFC 291, então, se aproxima do compromisso que determinará o novo líder do grupo.

2) Cinturão BMF em jogo

Dustin Poirier (esq.) e Justin Gaethje (dir.) disputam cinturão BMF no UFC 291. Foto: Reprodução/Instagram

Criado em 2019 para determinar o ‘Mais Casca-Grossa’ no confronto entre Jorge Masvidal e Nate Diaz, o cinturão BMF será colocado em jogo após quase três anos. Com a aposentadoria do ‘Jesus das Ruas’, primeiro detentor do objeto, a organização optou por entregar o título ao vencedor do embate entre Dustin Poirier e Justin Gaethje.

Ex-campeões interinos dos leves (até 70,3kg.), Poirier e Gaethje são conhecidos por empolgar o público em suas apresentações. Embora se trate de um ‘cargo’ simbólico, o desafio entre os norte-americanos está cercado de expectativas, haja vista o talento dos astros da organização.

Além do título, quem triunfar pode se aproximar da chance de um combate pelo cinturão linear dos leves. Atualmente, Dustin ocupa a segunda posição na categoria, enquanto Gaethje é o terceiro.

3) Tony Ferguson: adeus ou redenção

Tony Ferguson (esq.) e Bobby Green (dir.) em encarada antes de luta no UFC 291. Foto: Reprodução/Instagram

Ícone no peso leve do Ultimate, Tony Ferguson definitivamente vive sua pior fase na carreira como profissional no MMA. Acostumado a colecionar vítimas no octógono ao longo de mais de 10 anos no UFC, o veterano quer encerrar uma sequência de cinco derrotas seguidas.

No UFC 291, o norte-americano será adversário de Bobby Green e precisará passar pelo compatriota para alimentar a ‘sobrevida’ na companhia. Além da nova oportunidade, o ‘Bicho-Papão’ tenta provar que segue, mesmo aos 39 anos, em condições de enfrentar os melhores do mundo.

Caso vença, Tony admitiu que pretende seguir competindo. Se perder, o atleta pode ter situação insustentável na companhia e sacramentar o ‘adeus’.

4) Marcos Pezão: luta da vida

M. Pezão (esq.) derrotou A. Arlovski (dir.) no UFC Las Vegas 63. Foto: Reprodução/Instagram

Representante dos pesados (até 120,2kg.) do UFC desde 2014, Marcos Pezão está escalado para seu maior desafio desde sua estreia na companhia. Depois de período de oscilação na organização, o brasileiro encara uma verdadeira referência no grupo.

Maior nocauteador na história do peso pesado do UFC, Lewis quer encerrar a fase dramática na carreira. Veterano na empresa e referência no grupo, o norte-americano acumula quatro tropeços nos últimos cinco desafios.

5) Mais Brasil

Priscila Pedrita vive bom momento nos moscas do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

O Brasil conta com mais quatro representantes no card preliminar. Depois de estrear no UFC, em janeiro, com finalização relâmpago, Gabriel Marretinha está de volta. Invicto em 14 lutas no MMA, o meio-médio será adversário de Trevin Giles.

Famoso por seu poder de nocaute, Claudio Rodrigues quer o segundo triunfo na companhia. Promessa dos médios (até 83,9kg.), atleta encara o também agressivo Roman Kopylov.

Aposta tupiniquim no peso mosca, Vinicius Salvador busca o primeiro triunfo com as luvas do Ultimate. No fim de semana, o combatente será adversário de CJ Vergara.

Em bom momento na companhia, Priscila Pedrita fará sua estreia na temporada 2022. Após quase uma temporada de inatividade, a lutadora medirá forças com Miranda Maverick.

Ficha técnica do UFC 291

Data: 29 de julho de 2023

Horário: A partir de 19h30 (horário de Brasília)

Local:  EnergySolutions Arena, Salt Lake City, Estados Unidos

Como assistir:  SUPER LUTAS AO VIVO em tempo real e UFC Fight Pass (todo o card) pela internet

CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília)

Peso leve (até 70,3kg.): Dustin Poirier x Justin Gaethje – Luta pelo cinturão ‘BMF’

Peso meio-pesado (até 93kg.): Jan Blachowicz x Alex Poatan

Peso pesado (até 120,2kg.): Marcos Pezão x Derrick Lewis

Peso meio-médio (até 77,1kg.): Michel Pereira x Stephen Thompson – luta cancelada

Peso leve (até 70,3kg.): Tony Ferguson x Bobby Green

Peso meio-médio (até 77,1kg.): Michael Chiesa x Kevin Holland

CARD PRELIMINAR (19h30, horário de Brasília)

Peso meio-médio (até 77,1kg.): Trevin Giles x Gabriel Marretinha

Peso médio (até 83,9kg.): Roman Kopylov x Claudio Ribeiro

Peso meio-médio (até 77,1kg.): Jake Matthews x Darrius Flowers

Peso casado (até 58,2kg.): Vinicius Salvador x CJ Vergara

Peso meio-médio (até 77,1kg.): Matthew Semelsberger x Uros Medic

Peso mosca (até 56,7kg.): Miranda Maverick x Priscila Pedrita

Roobet patrocina a cobertura do UFC 291

A cobertura do UFC 291 é patrocinada pela a Roobet. O evento traz como destaque a estreia de Alex Poatan nos meio-pesados e a disputa do cinturão BMF.

A Roobet patrocina Alex Poatan e oferece uma superpromoção com até o dobro de ganhos se você apostar no brasileiro. Clique aqui para acessar o site, confira o regulamento e faça seu cadastro.

PFL compra Bellator para bater de frente com UFC + Chimaev desafia Poatan

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Resultados das Finais – PFL Resultados do UFC Las Vegas 82 Principais resultados do Bellator 301 Lutadores campeões em duas categorias do UFC Resultados do UFC 295