Bellator muda sistema e ‘grupo de elite’ para disputas de cinturão

Cinco brasileiro fazem parte do conjunto; novidade foi anunciada pelo presidente Bjorn Rebney

Bjorn Rebney, CEO do Bellator, anunciou novidade na fórmula da organização. Foto: Bellator (Divulgação)

Bjorn Rebney, CEO do Bellator, anunciou novidade na fórmula da organização. Foto: Bellator (Divulgação)

O Bellator, principal concorrente do UFC na atualidade, sempre foi regido por uma organização muito simples: a organização promove a cada temporada um torneio e o vencedor desta competição em cada categoria de peso ganha o direito de desafiar o respectivo campeão. Porém, diante da promoção de uma série de revanches e casamentos de luta fora deste sistema recentemente, a organização resolver mudar tal fórmula. A partir de agora, o Bellator tem também um “grupo de elite”, composto pelos vencedores de seus torneios, que podem receber uma chance pelo título a qualquer momento.

“Assim como temos feito desde o primeiro dia, qualquer lutador que ganha ‘O torneio mais difícil no esporte’ ainda terá uma luta garantida pelo título. O que eu acrescento aqui, que estou realmente animado, é que se você ganhou um torneio, você se juntará a um grupo de elite de atletas que podemos conceder uma luta pelo cinturão a qualquer momento. Por exemplo, se você ganhar um torneio, lutar pelo título e perder, você sempre estará neste grupo de elite de lutadores que podem receber outra disputa de cinturão. Vamos colocar alguns lutadores de volta para os torneios, enquanto outros podem perder uma luta pelo título, ganhar outras fora do torneio e receberem uma nova chance pelo cinturão. O que é ótimo nesta novidade é que ela nos permite permanecer fiéis ao nosso formato de núcleo, onde as disputas de cinturão só podem ser conquistadas por meio de uma vitória no torneio e nos concede uma enorme flexibilidade para promover também as grandes lutas que os fãs querem ver”, explicou Bjorn Rebney, presidente do Bellator, em comunicado veiculado no site da organização.

Entre os nomes divulgados para o novo ‘grupo de elite’, estão cinco brasileiros: os campeões Dudu Dantas e Douglas Lima, respectivamente das categorias peso galo e peso meio-médio; além dos pesos galos Marcos Loro e Rafael Morcego e o peso pena Patrício Pitbull.

Confira abaixo todos os lutadores que compõem o novo “Grupo de elite” do Bellator:

Peso galo (até 61,2 kg): Eduardo Dantas (campeão), Joe Warren (campeão interino), Marcos Loro e Rafael Morcego;

Peso pena (até 66 kg): Pat Curran (campeão), Patricio Pitbull, Frodo Khasbulaev, Shahbulat Shamhalaev, Daniel Straus, Joe Warren e Daniel Weichel;

Peso leve (até 70 kg): Eddie Alvarez (campeão), Will Brooks (campeão interino), Michael Chandler, Pat Curran, Rick Hawn, Dave Jansen e David Rickels;

Peso meio-médio (até 77 kg): Douglas Lima (campeão), Karl Amoussou, Rick Hawn e Andrey Koreshkov;

Peso médio (até 84 kg): Alexander Shlemenko (campeão), Doug Marshall e Brennan Ward;

Peso meio-pesado (até 93 kg): Emanuel Newton (campeão), Quinton Rampage, King Mo Lawal, Christian M’Pumbu e Atilla Vegh;

Peso pesado (até 120 kg): Vitaly Minakov (campeão), Cheick Kongo e Alexander Volkov.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments