Herb Dean será o árbitro central da luta entre Chris Weidman e Lyoto Machida

Escolha feita para o UFC 175 repete o visto nas duas lutas de Weidman contra Anderson Silva

O veterano árbitro Herb Dean será o terceiro homem no octógono na luta principal do UFC 175. Foto: UFC/Divulgação

O veterano árbitro Herb Dean será o terceiro homem no octógono na luta principal do UFC 175. Foto: UFC/Divulgação

Além de avaliar os casos envolvendo Wanderlei Silva, Chael Sonnen e os exames antidoping, a Comissão Atlética de Nevada (NSAC) teve outros assuntos importantes em pauta na audiência realizada nesta terça-feira (17). Na reunião, foi definido que Herb Dean será o árbitro da luta entre Chris Weidman e Lyoto Machida, que valerá o cinturão dos médios do UFC no dia 5 de julho, em Las Vegas.

Dean foi o mediador das duas lutas de Weidman contra Anderson Silva, que também aconteceram em Las Vegas. Já Machida dividiu o octógono com o árbitro pela última vez em fevereiro de 2013, em seu combate contra Dan Henderson, o qual venceu na decisão dividida.

Já os juízes, que pontuarão a luta caso chegue até o término do quinto round, serão Chris Lee, Marcos Rosales e Glenn Trowbridge. Rosales foi um dos juízes da primeira luta entre Machida e Maurício Shogun, que gerou polêmica com a vitória unânime do “Dragão”. Ele também pontuou recentemente outra luta que causou controvérsia, entre Diego Sanchez e Ross Pearson, sendo o único a dar vitória ao inglês.

Na outra disputa de cinturão do UFC 175, entre Ronda Rousey e Alexis Davis, o árbitro central será Yves Lavigne. Os juízes serão Derek Cleary, Doug Crosby e Sal D’Amato.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments