Aos 43 anos, Dan Henderson volta aos pesos médios

Veterano havia deixado a categoria até 84 kg em 2010; segundo treinador de muay thai, retorno deve ocorrer no fim do ano

Hendo (foto) tem um cartel de 30 vitórias e 12 derotas. Foto: Reprodução/YouTube

Hendo (foto) tem um cartel de 30 vitórias e 12 derotas. Foto: Reprodução/YouTube

Na derrota arrasadora de Dan Henderson para Daniel Cormier no UFC 173 houve a percepção dos fãs e da mídia especializada de que o veterano já não se encaixava mais na categoria peso meio-pesado. No combate, além de ser dominado pelo rival, Hendo se apresentou muito abaixo do peso-limite, o que aumentou o volume de especulações de que ele estava perto de deixar a divisão. Nesta terça-feira (24), as expectativas se confirmaram e o lutador anunciou sua volta aos pesos médios, categoria a qual havia abandonado em 2010.

O comunicado sobre a mudança de divisão de Dan Henderson foi feito por seu treinador de muay thai Daniel Woirin, em entrevista ao site “MMA Fighting”. Woirin ainda revelou que o atleta busca voltar a lutar no fim do ano. No último dia 24 de maio, antes da luta contra Cormier, Henderson bateu três quilos a menos do que os 93 kg limites da categoria peso meio-pesado, o que lhe cobrou um alto preço no seu desempenho na luta . Uma das principais causas apontadas para a queda de rendimento físico do norte-americano foi o fim repentino das autorizações para uso do Tratamento de Reposição de Testosterona (TRT), ao qual se submetida.

Aos 43 anos, Dan Henderson tem um cartel profissional de 30 vitórias e 12 derrotas. O veterano foi campeão da categoria até 84 kg do extinto PRIDE, à época chamada de “peso meio-médio”, e por isso desafiou Anderson Silva pelo título dos médios do UFC, sendo derrotado pelo brasileiro por finalização. No Strikeforce, outra organização também adquirida pelo Ultimate, Hendo também lutou pelo título dos pesos médios, mas novamente foi derrotado – desta vez por Jake Shields. Apesar dos revezes contra Anderson e Shields, Henderson foi também campeão dos meio-pesados tanto no PRIDe quanto no Strikeforce.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments