Copa do Mundo pode ter atrapalhado vendas do UFC 174, diz Demetrious Johnson

Evento do dia 14 de julho rendeu ao Ultimate aproximadamente 100 mil vendas de pay-per-view

Johnson (foto) é o campeão dos moscas do UFC. Foto: Divulgação/UFC

Johnson (foto) é o campeão dos moscas do UFC. Foto: Divulgação/UFC

O UFC 174, realizado no dia 14 de junho, não foi um destaque de popularidade na temporada do Ultimate. Encabeçado pela disputa do cinturão dos moscas entre Demetrious Johnson e Ali Bagautinov, o evento teria vendido somente cerca de 100 mil pay-per-views nos Estados Unidos, de acordo com os relatórios iniciais. O número é considerado bastante baixo em relação às demais atrações numeradas do UFC.

Porém, Demetrious Johnson não acredita que o baixo número de vendas tenha a ver com a popularidade dos lutadores dos moscas. Em entrevista ao site norte-americano “Sherdog”, o campeão afirmou que a Copa do Mundo de Futebol, que havia se iniciado dois dias antes do evento, pode ter sido uma das responsáveis pelos números.

“Meu trabalho é ir lá e lutar. Obviamente, fiz o meu melhor ao tentar promover o evento. Dei várias entrevistas. No fim das contas, estamos competindo com a Copa do Mundo, então há diversas variáveis. Pode ser que o card não tivesse brilho. Talvez as pessoas não queriam assistir”, explicou o lutador.

O UFC 174, que aconteceu em Vancouver, no Canadá, também teve as lutas de Ryan Bader x Rafael Feijão, Rory MacDonald x Tyron Woodley e Andrei Arlovski x Brendan Schaub.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments