Daniel Cormier minimiza provocações de Jon Jones: ‘Isso é pequeno e infantil’

Desafiante pelo cinturão diz que não se afeta com jogos psicológicos e confia ser o homem a desbancar o campeão

Cormier (foto) enfrentará Jones no UFC 178. Foto: Divulgação/UFC

Cormier (foto) enfrentará Jones no UFC 178. Foto: Divulgação/UFC

Desde que a luta entre Jon Jones e Daniel Cormier foi confirmada para o UFC 178, em setembro, os dois lutadores não perderam tempo e começaram a trocar farpas. Porém, o desafiante não se mostra incomodado com a postura do campeão, garantindo que as palavras de Jones não serão suficientes para fazê-lo perder a cabeça.

Cormier assegurou que irá estar preparado para o jogo psicológico do adversário, já que isso não é novidade em sua carreira. “Eu sei que ele sabe que ele terá uma luta de verdade no dia 27 de setembro, então ele está tentando usar truques psicológicos para me afetar. Mas, meu Deus, isso é pequeno e infantil. Ele não pode usar jogos psicológicos em mim. Eu já lidei com esse tipo de coisa na minha vida, então isso não funciona”, afirmou Cormier, em entrevista ao podcast “The MMA Hour”.

Antes de receber a chance de lutar pelo cinturão, Cormier chegou a anunciar que se submeteria a uma cirurgia para corrigir uma antiga lesão no joelho. Contudo, os planos foram adiados, e o norte-americano garante que isso não será um problema no combate. “Meu joelho não está mais doendo, e sinto ele da mesma maneira que sempre senti. Estou fazendo de tudo. Estou praticando wrestling. Na academia, eu dei um salto mortal para trás. Se eu fiz isso, quer dizer que meu joelho está bom”, detalhou.

Por fim, o invicto Cormier esbanjou confiança de que irá conquistar o título. “Sempre há alguém mais malvado para cada um de nós. Jon Jones é muito bom, mas há alguém que pode vencê-lo. E eu acredito que sou esse cara”, encerrou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments