Mesmo sofrendo nocaute rápido, Minotouro recebe segundo maior salário do UFC on FOX 12

Brasileiro faturou mais que seu algoz Anthony Johnson e ficou atrás apenas de Robbie Lawler nos vencimentos

Minotouro levou pra casa cerca de R$ 256 mil. Foto: Josh Hedges/UFC

Minotouro levou pra casa cerca de R$ 256 mil. Foto: Josh Hedges/UFC

Apesar de ter sido nocauteado em apenas 44 segundos pelo norte-americano Anthony Johnson no UFC on FOX 12, o brasileiro Rogério Minotouro faturou o segundo maior salário do evento no último sábado (26). Com um pagamento de US$ 114 mil (cerca de R$ 256 mil), Minotouro levou pra casa uma quantia superior inclusive à paga ao seu algoz Johnson – que recebeu US$ 106 mil (aproximadamente R$ 235 mil), sendo que metade do valor corresponde a um bônus pela vitória conquistada.

O maior salário da noite de lutas em San Jose (EUA) ficou com o norte-americano Robbie Lawler, que bateu Matt Brown na luta principal e faturou o direito de revanche pelo cinturão dos meio-médios contra o campeão Johny Hendricks. Lawler levou pra casa um pagamento de US$ 210 mil (cerca de R$ 472 mil). Outro número que impressiona no evento é o valor total dos salários pagos. Juntos, os 24 atletas que atuaram no card receberam o equivalente a US$ 986 mil (aproximadamente R$ 2,3 milhões).

Confira abaixo a lista salários do UFC on FOX 12 (em reais):

Robbie Lawler: R$ 472 mil;

Matt Brown: R$ 103,5 mil;

Anthony Johnson: R$ 238,5 mil;

Rogério Minotouro: R$ 256,5 mil;

Dennis Bermudez: R$ 108 mil;

Clay Guida:R$ 112,5 mil;

Bobby Green: R$ 94,5 mil;

Josh Thomson: R$ 191 mil;

Jorge Masvidal: R$ 189 mil;

Daron Cruickshank: R$ 27 mil;

Patrick Cummins: R$ 45 mil;

Kyle Kingsbury:R$ 34 mil;

Tim Means: R$ 45 mil;

Hernani Perpétuo: R$ 18 mil;

Brian Ortega: R$ 36 mil;

Mike de La Torre: R$ 18 mil;

Tiago Trator: R$ 36 mil;

Akbarh Arreola: R$ 18 mil;

Gilbert Durinho: R$ 36 mil;

Andreas Stahl: R$ 18 mil;

Joanna Jedrzejczyk: R$ 36 mil;

Juliana Lima: R$ 18 mil;

Noad Lahat:R$ 36 mil;

Steven Siler: R$ 34 mil;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments