Em longo desabafo, Wanderlei Silva detona UFC e anuncia aposentadoria. Assista!

Em mais de 13 minutos, lutador se disse desrespeitado pela organização, saiu em defesa de Renan Barão e criticou os baixos salários pagos

Wand (foto) divulgou vídeo em seu canal oficial no YouTube. Foto: Josh Hedges/UFC

Wand (foto) divulgou vídeo em seu canal oficial no YouTube. Foto: Josh Hedges/UFC

Um vídeo divulgado por Wanderlei Silva na noite desta sexta-feira (19) promete abalar os bastidores do MMA, especialmente do UFC.  Sem grandes manifestações públicas desde o episódio em que acabou cortado da luta contra Chael Sonnen por fugir de um exame antidoping, Wand resolveu quebrar o silêncio e não se conteve. Em mais de 13 minutos, o “Cachorro Louco” fez duras críticas ao Ultimate e à forma como a organização trata seus lutadores e anunciou que está deixando os ringues.

LEIA TAMBÉM: Antigo rival, Rampage manda mensagem a Wand após aposentadoria: ‘Era seu fã número 1′

No início da gravaçãoWanderlei apresentou sua própria versão para seu corte do UFC 175. O curitibano afirmou que não tinha condições físicas de atuar no evento ou mesmo na primeira data marcada para sua luta contra Sonnen, 31 de maio. Wand disse que foi pressionado pela organização para aceitar a luta e que lhe foi oferecida uma grande quantia em dinheiro como compensação. Neste momento, o lutador aproveitou para provocar o UFC, dizendo que ficou espantado com o valor, já que os atletas do evento são tão mal pagos.

Em seguida, o “Cachorro Louco” citou o caso de Renan Barão e ficou furioso. Segundo Wand, o próprio UFC foi responsável pelo que aconteceu com o brasileiro, mas sua principal reclamação ficou para a forma como a organização tratou o ex-campeão. “Isso revolta os atletas e me deixou muito chateado. Isso realmente fez com que eu pensasse de uma maneira diferente sobre esse esporte. Isso está me tirando a vontade de lutar. Eu não tenho mais vontade de subir no octógono por causa de declarações como essa. Por ver como o atleta está sendo tratado. Porque eu não tenho palco digno. Um palco onde o atleta seja respeitado, possa ir lá e ganhando ou perdendo ele seja tratado da mesma maneira”, disparou. “Já que vocês não estão dando dinheiro, vocês deveriam dar respeito”, completou em seguida.

Além disso, Wand questionou as condições às quais os atletas são submetidos para lutarem e a responsabilidade do evento sobre os mesmos. “Quem vai cuidar destes atletas no futuro? Vocês vão cuidar da gente depois? Para estarem usando a gente assim, para ganhar rios de dinheiro… Porque esse evento ganha muito dinheiro. Vocês não respeitam o atleta, vocês não pagam o atleta, vocês não cuidam do atleta, vocês não dão nada para o atleta. Vocês dão apenas migalha e falta de respeito. Só que agora chega!”, afirmou.

Por fim, Wanderlei se mostrou bastante emocionado e declarou que está deixando o esporte. “É com muito pesar no coração. Eu estou muito triste hoje. Hoje é um dia triste. Porque infelizmente essa organização me tirou a vontade de lutar. Eu não consigo mais fazer isso. Eu não consigo mais ser tratado dessa maneira por vocês. E hoje, com muto pesar, eu venho aqui decretar a minha retirada dos ringues. A partir de hoje o Wanderlei Silva não luta mais. Acabou minha carreira”, sentenciou o “Cachorro Louco”.

Apesar do teor das acusações feitas pelo lutador, até o fechamento desta matéria, a organização do Ultimate não havia se pronunciado oficialmente sobre o assunto. Em suas redes sociais, desde a publicação do vídeo, Wanderlei tem replicado diversas mensagens de fãs em apoio a sua decisão.

Confira abaixo o vídeo divulgado por Wanderlei Silva:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments