Apaixonada por Pokémon, Ronda chegou a perder peso na infância por vício em game

Durante entrevista, campeã do UFC revelou fixação por série dos monstros de bolso, que fez muito sucesso nos anos 90

Ronda (foto) disse ter terminado todas as versões do game Pokémon já lançadas. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Ronda (foto) disse ter terminado todas as versões do game Pokémon já lançadas. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Se um fã fosse perguntado qual o desenho animado japonês favorito da campeã do UFC Ronda Rousey provavelmente ele responderia “Dragon Ball Z”, já que a loira volta e meia comenta sobre a saga das Esferas do Dragão e até mesmo já entrou para a pesagem usando um moletom que imita a roupa do personagem Goku. Porém, parece que Ronda tem outra grande paixão: Pokémon, desenho de grande sucesso nos anos 90. Mas no caso dos monstros de bolso, a musa foi aficionada mesmo nos videogames, o que acabou lhe custando até mesmo alguns quilos na infância.

VEJA TAMBÉM:

Sonnen exalta Wand após aposentadoria: Carreira de Hall da Fama
Ronda diz que lutadora transexual tem ‘vantagem desleal’ no MMA
Cyborg estreia na categoria de Ronda no dia 5 de dezembro

“Eu tive primeiro o jogo de cartas. Então eu tive o game para Gameboy Color. Minha primeira versão de Pokémon foi a “Blue” e meu primeiro Pokémon foi o Charmander. Eu fiquei imediatamente viciada. Eu perdi muito peso e era só uma criança pequena. Eu não parava de jogar. Eu só tinha uma pilha de leite e bolachas perto de mim porque eu não desistiria. Eu simplesmente comia uma bolacha e continuava jogando. Eu tive cada versão de cada geração do game. Quando “Pokémon Blue” foi lançado, eu mal podia esperar pelo “Silver”. Eu comprei o “Blue”, eu venci o “Blue”. Comprei o “Red”, venci o “Red”. Eu comprei o “Yellow”, e venci o “Yellow”. E quando saíram “Gold”, “Silver” e “Platinum”, eu comprei os três e terminei todos. O primeiro jogo que tive, naqueles cartuchos, tinha mais de 200 horas jogadas. Eu concluí cada versão de cada Pokémon desde então. A “White”, a “Black”, “X”, “Y” e “Pokémon Stadium” 1 e 2. Os únicos que não joguei foram Pokémon Pinball e esse tipo de bobagem”, disse a loira ao site “MMA Fighting”.

Ronda Rousey, de 27 anos, tem um retrospecto perfeito no MMA, com dez vitórias em dez lutas como profissional – todas por nocaute ou finalização. Única campeã da categoria peso galo feminina do UFC, Ronda vem de uma vitória relâmpago sobre Alexis Davis, com um nocaute em apenas 16 segundos. A norte-americana já declarou que gostaria de voltar a lutar no dia 3 de janeiro, no UFC 182, mas segue sem luta marcada. Embora Rousey siga dizendo que gostaria de enfrentar a brasileira Bethe Pitbull, é provável que a próxima rival da campeã saia da luta entre Amanda Nunes e Cat Zingano, que acontece no próximo sábado (27).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments