Após derrota no UFC Brasília, Pezão passa por cirurgia para remoção de tumor

Cirurgia do brasileiro será na região da hipófise; lutador acredita que terá alta médica em menos de uma semana

Pezão (foto) já passou por outra cirurgia do tipo em 2006. Foto: Lucas Carrano/SUPER LUTAS

Pezão (foto) já passou por outra cirurgia do tipo em 2006. Foto: Lucas Carrano/SUPER LUTAS

Na semana que antecedeu o UFC Brasília, realizado no último dia 13 de setembro, Antônio Pezão já havia comentado sobre a possibilidade de passar por uma cirurgia após o evento. Depois de ser nocauteado por Andrei Arlovski na luta principal da noite na capital federal, o peso pesado optou por fazer o procedimento cirúrgico quase que imediatamente e será operado para a remoção de um tumor na hipófise nesta terça-feira (23).

VEJA TAMBÉM:

Ex-rival de LeBron na NBA, sérvio deixa basquete para lutar
Weidman fratura a mão e luta contra Belfort é adiada para 2015
Com corte de Weidman, Hendrick x Lawler 2 será no UFC 181

Esta é a segunda vez que Pezão passa por uma intervenção médica do tipo. Em 2006, o lutador também retirou um tumor benigno na região decorrente da acromegalia – síndrome causada pelo aumento da produção da secreção do hormônio do crescimento, também conhecida como “gigantismo”. Segundo o próprio lutador, em entrevista ao site “MMA Fighting”, o tempo de recuperação da cirurgia deverá ser menor do que uma semana e é possível que ele receba alta já na próxima segunda-feira (29).

Aos 35 anos, Antônio Silva, o “Pezão”, tem um cartel profissional de 18 vitórias, seis derrotas e um empate. A última vitória do peso pesado aconteceu em fevereiro de 2013, quando nocauteou Alistair Overeem. De lá pra cá, ele foi superado por Cain Velasquez na disputa do cinturão, empatou com Mark Hunt e sofreu mais um revés contra Andrei Arlovski. Ainda não há previsão para que Pezão volte ao octógono após a cirurgia.

OUÇA O PODCAST SUPERLUTAS COM A ANÁLISE DO UFC JAPÃO:
[wpdm_file id=23]

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments