Colby Covington culpa juízes e não reconhece derrota para Leon Edwards no UFC 296

Norte-americano alega que foi prejudicado pelos juízes por apoiar o ex-presidente Trump e diz que venceu três rounds da luta

Colby Covington foi derrotado no UFC 296. Foto: Reprodução/Twitter/UFC Espanol

Colby Covington foi derrotado no UFC 296. Foto: Reprodução/Twitter/UFC Espanol

Colby Covington não aceitou bem a derrota para o britânico Leon Edwards na disputa pelo cinturão dos meio-médios do UFC 296, realizado no último sábado (16/12) em Las Vegas.

O norte-americano, que é um apoiador declarado do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, alegou que os juízes foram parciais contra ele e que ele venceu três dos cinco rounds da luta.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Colby Covington perdeu no UFC 296. Foto: Reprodução/Twitter/@UFC
Strickland x Du Plessis brigam no UFC 296. Foto: Reprodução/Twitter

“Achei que o terceiro, o quarto e o quinto round fossem meus. O quinto foi meu, facilmente. Ele não me causou nenhum dano. Acertou alguns chutes baixos, mas aí comecei a checar no final, então pensei que tinha vencido e fiz o suficiente, mas os juízes nunca me favorecem. Eles me odeiam porque eu apoio Trump, e todo mundo odeia Trump neste prédio (do UFC), então é isso que é. A vida continua”, disse Covington na coletiva de imprensa pós-luta.

Os três juízes laterais deram a vitória para Edwards por decisão unânime, com as pontuações de triplo 49-46. Com o resultado, o britânico manteve o cinturão dos meio-médios pela segunda vez e ampliou sua invencibilidade para 13 lutas. Já Covington sofreu sua segunda derrota em três lutas, ambas valendo o título da categoria.

PUBLICIDADE:

Risco para Charles do Bronx no UFC?

Leia Mais sobre: , , , ,


Resultados do UFC Las Vegas 87 Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86