Conor McGregor ignora UFC e desafia Manny Pacquiao para luta de boxe milionária

Irlandês provoca filipino e diz que ele deve 8 milhões de dólares por quebra de contrato; entenda o caso

C. McGregor se prepara para seu retorno ao MMA. Foto: Reprodução/Instagram

C. McGregor se prepara para seu retorno ao MMA. Foto: Reprodução/Instagram

Ex-campeão do UFC em duas categorias, Conor McGregor surpreendeu o mundo dos esportes ao anunciar que quer enfrentar o lendário boxeador filipino Manny Pacquiao em uma luta de boxe no Oriente Médio. O desafio foi feito no último sábado (23/12), durante o evento de boxe ‘Day of Reckoning’, realizado na Arábia Saudita, onde o irlandês assistiu ao card ao lado do astro do futebol Cristiano Ronaldo.

McGregor, que já havia se aventurado no boxe em 2017, quando perdeu para Floyd Mayweather, disse que quer que Pacquiao suba de peso para enfrentá-lo com seu atual físico mais avantajado. Ele também provocou o pugilista de 45 anos, chamando-o de “rato” e questionando sua coragem.

PUBLICIDADE:

Veja Também

anderson
Mayra Sheetara vai disputar cinturão do UFC. Foto: Reprodução/Instagram
Justin Gaethje conquistou o cinturão BMF no UFC 291. Foto: Reprodução/Instagram

“Diga ao Manny (Pacquiao) para ter coragem e lutar comigo em uma categoria de peso maior. Por que não? É o esporte dele. Se ele quiser que eu desça para um peso menor, eu poderia usar mais de minhas armas. Chutes, grappling. Não seria justo? Diga a ele. O Manny é um homem ou um rato?” alfinetou Conor, arrancando gargalhadas de CR7.

Entenda o caso entre McGregor e Pacquiao

O desafio de McGregor tem um pano de fundo jurídico, já que ele e Pacquiao estão envolvidos em uma disputa judicial por conta de uma quebra de contrato. Segundo o Notório, o pugilista deve US$8 milhões (cerca de R$ 39,1 milhões) para a Paradigm Sports, agência que representa o irlandês legalmente, por não cumprir um acordo que previa uma luta entre ele e Mikey Garcia.

PUBLICIDADE:

Pacquiao, que recebeu um adiantamento de US$3,3 milhões (cerca de R$ 16,1 milhões) da agência, acabou não enfrentando o adversário que havia sido acordado, Mikey Garcia, e foi condenado a pagar a quantia recebida, além de 1,8 milhões (cerca de R$ 8,8 milhões) por danos morais. Conor, por sua vez, deve voltar ao UFC em 2024.

Vitor Belfort promete surra em em Popó após luta contra Bambam

Leia Mais sobre: , ,


Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297