Por que a luta entre Ronda Rousey e Cris Cyborg nunca aconteceu? Documento mostra bastidores da negociação

Ex-campeã do UFC queria condições especiais para enfrentar rival brasileira, mas duelo nunca saiu do papel

Ronda Rousey (foto) nunca enfrentou Cris Cyborg na carreira. Foto: Reprodução/UFC

Ronda Rousey (foto) nunca enfrentou Cris Cyborg na carreira. Foto: Reprodução/UFC

Um documento mostra que a ex-campeã do UFC Ronda Rousey queria um contrato especial para enfrentar a brasileira Cris Cyborg, uma das maiores rivais de sua carreira. A luta, no entanto, nunca aconteceu, por divergências de peso e de negociação.

O documento é um rascunho de um contrato entre Rousey e o UFC, datado de 1º de outubro de 2012, quando a ex-campeã ainda era atleta do Strikeforce, evento que foi comprado pelo Ultimate em 2011 e descontinuado em 2013. O contrato contém anotações dos empresários da norte-americana, que pediam melhores condições financeiras e uma cláusula específica para uma possível luta contra Cyborg.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Khamzat Chimaev UFC 294 Twitter UFC 2

“Não se aplica a nenhuma luta em pay-per-view, que deve ser negociada separadamente. Taxa + parcela de receita de pay-per-view da lutadora + qualquer luta com Cyborg deve ser negociada separadamente”, dizia a nota dos empresários no contrato.

O documento foi divulgado pelo site “Bloody Elbow”, que obteve acesso a diversos documentos de um processo que o UFC enfrenta na Justiça dos Estados Unidos, referente aos valores que a organização recebeu e pagou aos lutadores ao longo dos últimos anos.

PUBLICIDADE:

Ao saber das anotações no documento revelado pelo “Bloody Elbow”, Cyborg cutucou a antiga rival e aproveitou para provocar também Kayla Harrison, sua atual rival, pelas redes sociais.

“2012 e Ronda Rousey tinha contratos com meu nome escrito. 2024 e Kayla Harrison tem contratos escritos com meu nome escrito. Uma Era de dominância que o esporte talvez nunca mais veja”, escreveu a brasileira.

PUBLICIDADE:

Ronda Rousey x Cris Cyborg

Rousey se aposentou do MMA em 2016, após ser nocauteada por Amanda Nunes no UFC 207. Desde então, a americana migrou para a WWE, renomada liga de Pro-Wrestling, e teve recentemente uma volta ao Ultimate ventilada, mas que até então não se concretizou.

Já Cyborg segue em atividade aos 38 anos. Invicta há sete lutas, a paranaense foi campeã peso-pena do Bellator. Com a venda da organização para a PFL, Cyborg vive a expectativa de estrear na nova organização contra Kayla Harrison em 2024.

Vitor Belfort promete surra em em Popó após luta contra Bambam

Leia Mais sobre: , , , , ,


Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297