Justin Gaethje revela que Max Holloway não era sua primeira escolha para o UFC 300: “O foco era outro”

Norte-americano conta que tinha outro adversário em mente para o evento histórico do UFC

Justin Gaethje é um dos destaques dos leves. Foto: Reprodução/Instagram @justin_gaethje

Justin Gaethje é um dos destaques dos leves. Foto: Reprodução/Instagram @justin_gaethje

Justin Gaethje admitiu que não tinha a intenção de lutar contra Max Holloway pelo título simbólico de “mais durão” no UFC 300. O norte-americano revelou que sua primeira opção era disputar o cinturão linear dos leves (até 70,3kg.) contra Islam Makhachev.

Em entrevista a Kevin Iole, Gaethje contou que estava esperançoso que chegaria ao posto de próximo desafiante ao título de Makhachev, já que Charles do Bronx, outro postulante ao cinturão, enfrentaria Arman Tsarukyan. O cenário, contudo, mudou ao receber o convite para ficar frente a frente com Holloway.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Você sempre pensa que vai acontecer de uma maneira e nunca consegue adivinhar o que vai acontecer com o UFC. Eu estava muito confiante esperando — assim que a luta entre Charles Oliveira (do Bronx) e Arman Tsarukyan fosse anunciada — de que conseguiria a luta com Makhachev porque imaginei que não havia mais ninguém para lutar com ele. O foco era outro, mas eu não sei o que está acontecendo. Alguma lesão ou algo assim, mas ele não vai lutar até junho ou julho, eu acho”, afirmou Gaethje.

O UFC 300 será um evento histórico para a organização, que comemora 30 anos de existência em 2024. Além da luta entre Gaethje e Holloway, o card também terá outras atrações, como a disputa do cinturão dos palhas feminino (até 52,1kg.) entre Weili Zhang e Yan Xiaonan. Outro possível desafiante, Charles do Bronx enfrenta Arman Tsarukyan.

PUBLICIDADE:

Risco para Charles do Bronx no UFC?

Leia Mais sobre: , , , , ,


Resultados do UFC Las Vegas 87 Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86