Com sete derrotas nas últimas nove lutas, Paulo Thiago é demitido do UFC

Policial do BOPE, de 33 anos de idade, deixa a maior organização de MMA do mundo após quase seis anos

Vindo de fase ruim, P. Thiago foi demitido do UFC. Foto: Divulgação/UFC

Vindo de fase ruim, P. Thiago foi demitido do UFC. Foto: Divulgação/UFC

Após uma sequência ruim de resultados nos últimos anos, o veterano Paulo Thiago foi demitido do UFC. A informação foi inicialmente dada pelo site do canal “Combate”, depois sendo ratificada pelo norte-americano “MMA Fighting”.

Thiago, também famoso por ser policial do BOPE, atuava na maior organização de MMA do planeta desde o início de 2009. Ele estreou no evento conquistando aquela que seria sua maior vitória dentro do octógono, nocauteando o conhecido Josh Koscheck na edição de número 95, na Inglaterra. Em seguida, no entanto, perdeu sua invencibilidade no MMA contra o ex-desafiante pelo cinturão dos meio-médios, Jon Fitch, no histórico UFC 100.

Em seguida, emendou duas vitórias, superando Jacob Volkmann na decisão dos juízes e finalizando Mike Swick. Depois disso, iniciou-se a maré de resultados ruins: sofreu sete derrotas em nove lutas, sendo as três últimas consecutivas, o que resultou em sua demissão. Seu último compromisso na jaula foi em setembro, em Brasília, quando perdeu para Sean Spencer.

Aos 33 anos de idade, Paulo Thiago deixa o UFC com um cartel de 15 vitórias e oito derrotas, sendo 5-7 dentro do octógono.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments