VÍDEO: Borrachinha mira cinturão após duelo com Whittaker e cogita participar do histórico UFC 300

Em entrevista exclusiva ao SUPER LUTAS, brasileiro diz que tem planos ambiciosos para seu futuro no UFC

Paulo Borrachinha está confiante para o seu próximo desafio no octógono. O brasileiro, destaque dos pesos médios (até 83,9kg.), vai enfrentar o australiano Robert Whittaker, ex-campeão da categoria, na luta co-principal do UFC 298. O card acontece neste sábado (17/02), em Anaheim, na Califórnia (EUA).

Em entrevista exclusiva ao canal do SUPER LUTAS no YouTube, Borrachinha revelou que tem planos ambiciosos para o seu futuro no UFC, e que pretende disputar o cinturão da divisão em breve. Segundo ele, uma vitória sobre Whittaker o credencia para uma nova chance pelo título, que atualmente pertence ao sul-africano Dricus du Plessis.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Paulo_Borrachinha_Foto-UFC_Twitter_UFC_Brasil-2

“É pelo título a próxima luta após Whittaker. O pessoal gosta da ideia de lutar contra o Chimaev, mas ele ficou muito atrás depois que perdeu para o Usman. Eu passando pelo Whittaker, o Chimaev vai ficar muito atrás. Tem que olhar pra frente, pelo título. Só vejo esse caminho, acredito que eu vá lutar contra o atual campeão. Após ganhar do Whittaker, o nome que vai aparecer com muita força será o meu”, afirmou.

Paulo Borrachinha no UFC 300?

Borrachinha também revelou que tem interesse em participar do histórico UFC 300, que será realizado no dia 13 de abril, em Las Vegas (EUA). O brasileiro disse que gostaria de fazer parte da luta principal do evento, que ainda não está confirmada.

PUBLICIDADE:

“Temos falado muito sobre o UFC 300. Ainda não tem a luta principal fechada. Por mim, eu lutaria muitas vezes. Só que tem todos os acordos. Por exemplo: ganhando do Whittaker, vamos colocar você para lutar pelo título. Só que aí o campeão só pode lutar em julho. Então já atrapalha, entendeu? Eu estarei pronto para fazer quantas lutas o UFC achar necessário. Eu gostaria de lutar pelo menos mais duas e, se apertar, três. Não precisamos refazer tudo. Dá pra fazer pequenos ajustes e, com quatro ou cinco semanas, já dá para estar pronto de novo”, concluiu.

Borrachinha, que tem um cartel de 14 vitórias e duas derrotas, não atuou no ano passado e fez sua última apresentação em junho de 2022, quando bateu Luke Rockhold na decisão unânime dos juízes. O mineiro é o sexto colocado no ranking da categoria.

PUBLICIDADE:

Leia Mais sobre: , , , , ,


Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88 Resultados do UFC 299