Por tempos de PRIDE, Minotouro quer enfrentar Shogun ou Dan Henderson

Brasileiro perdeu para o compatriota e venceu o norte-americano nos tempos do extinto evento japonês

R.Minotouro (foto) é o atual número 13 no ranking oficial do UFC.. Foto: Josh Hedges/UFC

R.Minotouro (foto) é o atual número 13 no ranking oficial do UFC.. Foto: Josh Hedges/UFC

No fim dos anos 90 e no início da década de 2000, o evento japonês PRIDE foi o grande expoente do MMA mundial. Comprada e extinguida pelo UFC em 2007, a organização ainda suscita boas lembranças para aqueles que fizeram história nos ringues nipônicos. É o caso do peso meio-pesado Rogério Minotouro. Em recente entrevista, Minotouro falou em tom saudoso dos tempos no Japão e pediu para reeditar, agora no octógono, duelos contra dois outros expoentes daqueles tempos: Maurício Shogun e Dan Henderson.

“Não sei se estão no top 10, mas (eu gostaria de enfrentar) o Shogun e o Dan Henderson. São duas revanches que eu tenho vontade de fazer: contra o Shogun e com o Dan Henderson. São caras que eu lutei no PRIDE e estão no UFC, na minha categoria (peso meio-pesado). Mas são duas pedreiras”, disse o irmão Nogueira, em entrevista ao programa “Sensei SporTV”.

Tanto a luta de Minotouro contra Dan Henderson quanto contra Maurício Shogun aconteceram pelo GP dos médios de 2005 do PRIDE. Na primeira fase, o brasileiro finalizou Hendo com uma chave de braço ainda no primeiro round. Nas quartas de final, Rogério protagonizou um combate histórico contra Maurício Shogun, eleita a “Luta do ano de 2005”. Após três rounds de muita ação, Shogun ficou com a vitória por decisão unânime dos juízes.

Aos 38 anos, Rogério Minotouro tem um cartel de 21 vitórias e seis derrotas. Em sua última luta, o baiano foi derrotado em apenas 44 segundos pelo norte-americano Anthony Johnson, em luta realizada no mês de julho.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments