Dana White volta atrás e diz Velasquez não perderá cinturão se não lutar até março

Presidente do UFC garantiu que campeão dos pesos pesados só perderá título se sofrer uma nova lesão

Dana White, presidente do UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Dana White, presidente do UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

O presidente do UFC, Dana White, voltou atrás em seu ultimato ao campeão dos pesos pesados Cain Velasquez. Na quinta-feira (13), o dirigente revelou que Velasquez deveria voltar a lutar até março de 2015, caso contrário, o dono do título interino seria decretado como único campeão da categoria. Porém, após o brasileiro Fabrício Werdum ter conquistado o cinturão interino, Dana parece ter se arrependido de sua declaração.

“O que eu disse é que, se algo acontecer com o Cain (Velasquez) mais uma vez ou se ele se machucar de novo, o Werdum será o campeão dos pesados. Não há uma data certa, não existe isso de março. Velasquez está se recuperando e se preparando. Se ele se machucar de novo com uma lesão que o afaste por seis, oito meses ou um ano, aí sim (ele perderá o cinturão)”, afirmou White, em entrevista ao canal Combate após o UFC 180.

White ainda garantiu que o combate entre Cain Velasquez e Fabrício Werdum, pela unificação dos pesos pesados, será realizado em território mexicano. O duelo que seria, originalmente, a luta principal do UFC 180 ‘pertence ao México’, segundo o presidente. “Essa luta pertence ao México. O TUF América Latina aconteceu aqui, é aqui que esse duelo deveria acontecer e vai acontecer”, completou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments