Blindado desabafa após polêmica com Weidman, detona ex-campeão e propõe solução ao UFC

Brasileiro mostra indignação com decisão e postura de rival em desafio ocorrido no último fim de semana

Vítima de derrota polêmica no UFC Atlantic City, realizado no último sábado (30), Bruno Blindado não escondeu a frustração diante do desfecho anticlimático na luta contra Chris Weidman. Alvo de dedo no olho que determinou o fim do confronto no último round, o brasileiro desabafou sobre o episódio em entrevista exclusiva ao SUPER LUTAS. O peso médio (até 83,9kg.) apontou sua versão do episódio, criticou a postura do rival e sugeriu alternativa para o Ultimate.

No embate decisivo entre o brasileiro e o antigo detentor do título, Blindado foi vítima de três situações em que o norte-americano infringiu as regras ao tocar o olho do paraibano de forma ilegal. O terceiro e mais acintoso ato culminou no revés.

PUBLICIDADE:

Inicialmente, a vitória por nocaute técnico no terceiro round chegou a ser anunciada por Bruce Buffer ao microfone. Após análise das imagens, o desfecho foi alterado, confirmando triunfo a Weidman na decisão unânime dos juízes.

O desabafo de Blindado

Momentos após a luta, Blindado seguia indignado com o episódio polêmico. O brasileiro, que recebeu apoio de parte da comunidade do MMA, apontou sua versão do ocorrido.

PUBLICIDADE:

“Revi a luta várias vezes. Estava incomodado o tempo inteiro. Como ele é mais alto do que eu, precisava ir atrás dele. Quando ia para cima, ele estava com os dedos esticados na direção do meu rosto. A regra fala que você tem que estar com a mão fechada, ou com os dedos fechados para cima. É regra do MMA. (…) Na hora, não vi maldade. A luta estava indo da forma que a gente queria. Acredito que estava 1 a 1 (na contagem de rounds). No terceiro round, eu estava inteiro. Ele já tinha enfiado o dedo no meu olho uma vez, e eu já tinha reclamado. Teve a segunda e, na terceira, no vídeo, você vê a metade do dedo rasgando meu olho. A gente não treina isso na academia. (…) Seu olho é sensível. A primeira coisa que eu fiz foi cair com a mão no olho. Quando eu caio, caio de frente. Quando vi que ele veio para cima, virei as costas. Quando pensei que o árbitro (Gary Copeland) ia tirar um ponto, o árbitro interrompeu a luta. (…) Eu levantei muito put*. Não acreditava no que estava acontecendo. (…) Foi totalmente fora da regra. Foram vários dedos no olho. Está na regra. Duas infrações é advertência e três é desclassificação”, afirmou Bruno.

Posicionamento do UFC

Embora não tenha lançado um comunicado oficial, o UFC se posicionou sobre a situação envolvendo Blindado e o ex-campeão dos médios. De acordo com o próprio brasileiro, membros da diretoria sugeriram que fosse procurada a Comissão Atlética local para avaliar uma reversão.

PUBLICIDADE:

“O UFC meio que se posicionou. Entenderam nosso caso e pediram para entrar em contato com a Comissão Atlética, para ver se podemos mudar o resultado”, disse.

Postura de Chris Weidman

Vitorioso na luta, Weidman chegou a amparar Blindado no momento de fúria do paraibano no octógono. Na sequência, no entanto, o norte-americano questionou a postura de Bruno em ir ao chão depois da infração. Ao saber das declarações do rival, o brasileiro criticou a nova detonou o oponente.

“Vi ele no vestiário depois da luta. Até então, eu não estava put* com ele. (…) Quando cheguei no hotel e fui olhar as entrevistas, ele só tirou o corpo dele fora. Fui ver a luta e foi totalmente maliciosa. Achei muita má-fé dele”, afirmou.

PUBLICIDADE:

Solução para o UFC

Incomodado com a situação, Blindado propôs uma solução ao UFC. O atleta sugeriu que uma revanche fosse marcada para que ambos possam resolver as pendências deixadas no UFC Atlantic City.

“Temos duas opções. Ou fazer uma revanche para junho ou julho, ou alterar o resultado para ‘no contest’. Já me prejudiquei. É uma derrota no meu currículo. Uma derrota que não foi derrota”, encerrou.

Leia Mais sobre: , , , , ,


Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88 Resultados do UFC 299