Anderson Silva descarta possível revanche com Vitor Belfort: ‘Não tenho o desejo’

Ex-campeão dos médios também se mostrou contrário à TRT: ‘Se você precisa dela, não deveria estar competindo’

Belfort (esq.) e Anderson (dir.) fizeram luta histórica em 2011. Foto: Divulgação

Belfort (esq.) e Anderson (dir.) fizeram luta histórica em 2011. Foto: Divulgação

No início da semana, o presidente do UFC, Dana White, deixou em aberto a possibilidade de haver uma revanche para a luta histórica entre Anderson Silva e Vitor Belfort caso os brasileiros vençam em seus próximos compromissos, respectivamente contra Nick Diaz e Chris Weidman. No entanto, no que depender do ex-campeão dos médios, o reencontro não vai acontecer.

Em entrevista ao jornal inglês “The Telegraph”, “Spider” afirmou não ter vontade alguma de enfrentar Belfort de novo. “Eu não tenho o desejo de lutar com Vitor novamente”, esclareceu.

MAIS: Gracie conta como evitou briga entre Anderson e Vitor nos bastidores

O antigo dono do cinturão também se mostrou favorável ao banimento da terapia de reposição de tesoterona (TRT), tratamento antes utilizado por Belfort. “Foi bom para o esporte e era algo que deveria acontecer. A partir do dia em que você começa a usar a TRT, você terá de fazer sempre. Não sei exatamente como funciona, mas se você está a utilizando é porque você já tem um déficit de hormônios – então, você não deveria estar competindo. Simples assim. É um esporte, e se você está usando algo que é ilegal, isso deixa de ser um esporte. A comissão agiu de forma correta com os exames antidoping e é importante que o esporte ganhe respeito. Assim, teríamos mais gente assistindo, mais patrocinadores e mais investimentos”, opinou o atleta.

Anderson Silva e Vitor Belfort fizeram uma luta que entrou para a história no dia 4 de fevereiro de 2011. Com o título dos médios em jogo, o então campeão conquistou a vitória com um chute cinematográfico.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments