Sem sofrer nenhum golpe na vitória sobre Dollaway, Lyoto bate recorde no UFC Barueri

Nunca antes na história da organização um lutador havia vencido dois "main events" sem ser golpeado; Já Elias Silvério atingiu marca negativa com nocaute no R3

Lyoto (dir.) não sofreu nenhum golpe de Dollaway (esq.) na luta principal do UFC FN 58. Foto: Josh Hedges/UFC

Lyoto (dir.) não sofreu nenhum golpe de Dollaway (esq.) na luta principal do UFC FN 58. Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

TUF deve passar por grande reformulação e mudança drástica de formato em 2015
Dirigente classifica como erro informação sobre Lyoto no TUF BR veiculada na Globo
Vídeo: Assista os melhores momentos da luta de Lyoto Machida no UFC Barueri
Fã número um de Lyoto, chinês viaja o mundo atrás do lutador e desembarca em Barueri

Além da vitória sobre CB Dollaway e o bônus de “Performance da noite” no valor de US$ 50 mil (aproximadamente R$ 132 mil), Lyoto Machida levou pra casa um recorde impressionante no UFC Barueri, realizado no último sábado (20): o “Dragão” se tornou o primeiro atleta na história do UFC a vencer duas lutas principais sem sofrer nenhum golpe.

Além do triunfo rápido sobre Dollaway em terras brasileiras, a outra vez que Machida faturou uma vitória sem ser golpeado por seu rival foi em outubro do ano passado, quando nocauteou o ex-companheiro Mark Muñoz na luta principal do UFC Fight Night 30, na Inglaterra.

Se representou um recorde para o vencedor Lyoto Machida, a luta principal do UFC Barueri também marcou o nome de CB Dollaway na história. Sexto lutador a passar em branco em uma luta principal no Ultimate, Dollaway se tornou o 100º atleta na história da organização a não acertar o adversário uma vez sequer na luta.

Silvério sofre nocaute mais tardio da história

Mas nem todas as marcas alcançadas na noite de lutas no Ginásio José Correia foram favoráveis aos brasileiro. Nocauteado pelo russo Rashid Magomedov a apenas três segundos do fim do combate no card principal, com 4m57s do terceiro round, o paulista Elias Silvério se tornou a vítima do nocaute mais tardio em uma luta de três rounds até hoje na história do UFC.

O revés de “Xuxu”, como é conhecido o brasileiro, superou em dois segundos o nocaute de John Howard sobre Dennis Hallman, aos 4m55s do terceiro assalto, no TUF 10 Finale.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments