Árbitro revela ter recusado Adesanya x Poatan e conta bastidores de polêmica revanche no UFC

Decisão controversa e pedido inusitado marcaram capítulo final na rivalidade dos pesos médios, realizada em abril de 2023

Alex Poatan (esq.) nocauteou Israel Adesanya (dir.) no UFC 281. Foto: Reprodução/Instagram

Alex Poatan (esq.) nocauteou Israel Adesanya (dir.) no UFC 281. Foto: Reprodução/Instagram

Marc Goddard recusou a oportunidade de arbitrar a revanche entre Israel Adesanya x Alex Poatan, que aconteceu no UFC 287, em abril de 2023. A decisão, tomada a pedido do próprio experiente árbitro, surpreendeu a comunidade do MMA, mas foi amparada por um nobre motivo: a proteção do ex-campeão peso médio (até 83,9kg.).

Mais de um ano após o ocorrido, Goddard decidiu abrir o jogo e revelar o motivo pelo qual recusou arbitrar a revanche entre os lutadores, que aconteceu no UFC 287 e terminou com a vitória de Adesanya por nocaute. Em entrevista ao podcast ‘Overdogs’, de Mike Perry, o árbitro explicou que a decisão foi tomada em prol da saúde e segurança do nigeriano no UFC.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Amanda Nunes venceu Miesha Tate pelo cinturão no UFC 200. Foto: Reprodução/Instagram/ufc
Khamzat Chimaev em luta contra Kamaru Usman no UFC 294. Foto: Reprodução/Instagram/UFCKorea

“Quando Israel Adesanya lutou contra Alex Pereira pela segunda vez em Miami, eu especificamente pedi para não fazer essa luta. Eu arbitrei a primeira luta (que Adesanya perdeu). O motivo pelo qual pedi para não fazer a luta foi porque eu estava pensando em Izzy. Eu o arbitrei desde então, arbitrei sua luta com Sean Strickland. Eu estava pensando em um lutador naquele momento. Essa era a noite dele, era sobre ele”, disse Goddard.

A polêmica em torno do árbitro em Adesanya x Poatan começou na primeira luta, pelo UFC 281, quando Marc dividiu opiniões sobre a interrupção em favor do brasileiro no quinto round, já que parte dos fãs alega que o nigeriano ainda tinha chances de reverter o resultado, sobretudo por estar vencendo na papeleta dos juízes.

PUBLICIDADE:

Independentemente das divergências, a revanche entre os dois lutadores no UFC 287 foi um verdadeiro espetáculo. Adesanya, pressionado pela derrota anterior, partiu para cima de Poatan desde o início do combate e, em um momento de defesa, desferiu uma sequência de golpes brutais que resultaram no nocaute técnico.

Poatan é defendido por ex-campeão em meio a perseguição sofrida no UFC

Leia Mais sobre: , , , ,


Resultados do UFC Denver Resultados do UFC 303 Resultados do UFC Arábia Saudita Resultados do UFC Las Vegas 93 Resultados do UFC Louisville