UFC 185: Rafael dos Anjos choca o mundo, bate Pettis e conquista cinturão dos leves

Cotado como azarão na luta, Rafael dominou o campeão por 25 minutos e se tornou o primeiro brasileiro campeão dos leves no UFC

Dos Anjos (foto) busca conquista inédita para o Brasil no UFC. Foto: Divulgação/UFC

Dos Anjos (foto) surpreendeu o mundo ao dominar A. Pettis e se tornar campeão dos leves. Foto: Divulgação/UFC

Improvável e histórico! Assim pode-se resumir a brilhante atuação de Rafael dos Anjos no UFC 185. O brasileiro, que era cotado como amplo azarão na luta pelo cinturão dos leves contra Anthony Pettis, não tomou conhecimento do até então campeão para fazer um combate espetacular. O carioca dominou o rival por 25 minutos e se tornou o primeiro brasileiro dono do cinturão da divisão de até 70kg. A luta foi a atração principal do UFC 185, evento realizado na madrugada deste domingo (15), em Dallas (EUA).

Veja Também

Vídeo: Assista aos melhores momentos da vitória de Rafael dos Anjos sobre Anthony Pettis
UFC 185: Joanna Jedrzejczyk surpreende Carla Esparza e conquista cinturão peso palha feminino
Novos campeões, Rafael dos Anjos e Joanna Jedrzejczyk faturam bônus de ‘performance’ no UFC 185
UFC 185: Larrisa Pacheco perde segunda e irmão de Anthony Pettis também cai

A luta

Rafael dos Anjos sabia a receita para vencer Anthony Pettis: pressionar o campeão do primeiro ao último segundo. Apesar da tarefa improvável, o brasileiro seguiu a risca o plano de jogo. Com uma atuação segura do principio ao fim, o carioca chegou ao título de forma incontestável.

Logo nos primeiros movimentos, Rafael encurtou a distância e trabalhou com socos rápidos diante do campeão. Pettis tentava responder, mas sempre sem pressão. Nos primeiros golpes atingidos pelo brasileiro, o olho de Anthony já estava bastante inchado. No minuto final da primeira parcial, Rafael ainda derrubou Pettis para garantir o round.

No segundo assalto, o brasileiro voltou a repetir a receita de sucesso. Colocou Pettis contra a grades e aceitou trocar golpes contra o campeão. Com impressionante evolução no jogo em pé, Rafael era o primeiro a iniciar a sequência de golpes, sempre conectando e deixando o campeão sem resposta.

Conhecido por um contragolpe mortal, Pettis estava visivelmente perdido com a pressão imposta por Rafael dos Anjos. No terceiro round, a história se repetiu com um show do brasileiro em pé e no solo. Ele derrubou o norte-americano, passou a guarda, evitou as tentativas de finalização de Anthony e golpeou forte por cima.

Com vantagem nas papeletas dos juízes, dos Anjos não diminuiu a pressão nos rounds finais. Esbanjando forma física, ele pressionou o campeão e chegou a balançar Pettis com um cruzado de esquerda. Na sequência, mais uma queda do brasileiro com enorme facilidade.

No início do quinto round, Pettis, de forma quase desesperada,  arriscou uma joelhada voadora. O brasileiro se esquivou e voltou a frustar o norte-americano. Depois de dominar, novamente, o quinto round Rafael dos Anjos chegou as costas de Anthony no minuto final e esteve perto de encaixar o mata-leão. Mas o norte-americano se defendeu como pôde e conseguiu sobreviver.Porém, não foi problema, pois o brasileiro levou a melhor na decisão unânime dos juízes (50×45, 50×45, 50×45).

“É uma bênção tão incrível chegar à luta pelo cinturão e vencer! Meu salvador, Jesus, é incrível, e eu sabia que venceria a luta, ele me disse isso. É uma bênção tão incrível chegar à luta pelo cinturão e vencer! Meu salvador, Jesus, é incrível, e eu sabia que venceria a luta, ele me disse isso. Ele me ensinou muito. Naquele primeiro round, depois que ele acertou meu olho, não consegui ver mais nada. Sem desculpas, tenho que melhorar muito e treinar muito. Não tenho desculpas para dar hoje”, afirmou brasileiro ainda no octógono

Resultados do UFC 185

CARD PRINCIPAL

Rafael dos Anjos derrotou Anthony Pettis na decisão unânime dos juízes (50×45, 50×45, 50×45)

Joanna Jedrzejczyk derrotou Carla Esparza por nocaute a 4m17s no R2;

Johny Hendricks derrotou Matt Brown na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27);

Alistair Overeem derrotou Roy Nelson na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27);

Henry Cejudo derrotou Chris Cariaso na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27)

CARD PRELIMINAR

Ross Pearson derrotou Sam Stout por nocaute a  no R2;

Elias Theodorou derrotou Roger Narvaez por nocaute a 4m07s técnico no R2;

Beneil Dariush finalizouDaron Cruickshank com um mata-leão a 2m48s do R2;

Jared Rosholt derrotou Josh Copeland por nocaute técnico a 3m12s do R3;

Ryan Benoit derrotou Sergio Pettis por nocaute técnico a 1m34s do R2;

Joseph Duffy derrotou Jake Lindsey por nocaute a 1m47s do R1;

Germaine de Randamie derrotou Larissa Pacheco por nocaute técnico a 2m02s do R2

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments