Jon Jones é procurado pela polícia após acidente de carro, diz site

Lutador teria fugido do local do acidente sem prestar assistência a uma mulher grávida de 20 anos; Polícia não confirma mandado de prisão

J. Jones anunciou que se internaria na clínica de reabilitação no último dia 6 de janeiro. Foto: Josh Hedges/UFC

J. Jones teria se envolvido em um acidente de carro e fugiu do local sem prestar socorro. Foto: Josh Hedges/UFC

Jon Jones ainda não encontrou adversários dentro do octógono do UFC, mas fora dele o lutador vem convivendo com inúmeros problemas. De acordo com o site norte-americano MMA Fighting, o campeão dos meio-pesados é procurado pela polícia de Albuquerque, cidade onde reside,para esclarecer um acidente de transito. Jones teria fugido do local da ocorrência sem prestar socorro à vítima, uma mulher grávida de 20 anos.

Veja Também

Argentino elimina ‘afilhado’ de Anderson Silva do TUF e time Shogun abre 2×0
Ex-UFC ‘volta da aposentadoria’ para realizar sonho de jovem com Síndrome de Down
Vídeo: assista aos melhores momentos de Quinton Rampage Jackson x Fábio Maldonado

“Não sabemos onde Jon Jones está. A vítima foi levada ao hospital, mas sem risco de morte. Ainda não podemos confirmar se Jon Jones está envolvido no acidente. Fomos à sua casa no domingo à noite, mas não o achamos”, disse Simon Drobik, porta-voz da polícia de Albuquerque, no estado do Novo México.

A notícia do acidente criou uma série de boatos sobre o envolvimento de Jones no acidente, um possível mandado de prisão em aberto e até sua retirada do card do UFC 187, dia 23 de maio, quando ele defenderá seu cinturão contra Anthony Johnson. Porém, nada ainda foi confirmado oficialmente.

UFC divulga nota

Com a grande repercussão do caso, o UFC divulgou uma curta nota oficial. “Estamos cientes de que a polícia da cidade de Albuquerque deseja falar com Jon Jones sobre seu possível envolvimento em um acidente de carro. Estamos em processo de coleta de dados e nos pronunciaremos apenas quando tivermos mais informações à disposição.”

Novos problemas

Esta não é a primeira vez que Jon Jones se envolve em confusão fora do UFC. Em 2012, o lutador foi julgado e perdeu a habilitação por dirigir embriagado e bater contra um poste. Em 2014, o campeão foi pego em um exame antidoping por uso de cocaína. Como o teste foi feito fora do período de competição, ‘Bones’, como é conhecido, não foi suspenso e se internou em uma clima de reabilitação.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário