Após perder cinturão por escândalo no trânsito, Jones também vê patrocínio da Reebok ser encerrado

Norte-americano viu seu contrato com a empresa de materiais esportivos ser encerrado com efeito imediato pouco depois de perder cinturão

Jones (foto) perdeu o contrato de patrocínio com a Reebok. Foto: Divulgação/UFC

Jones (foto) perdeu o contrato de patrocínio com a Reebok. Foto: Divulgação/UFC

Jon Jones está pagando caro pelo acidente de trânsito no qual se envolveu no último fim de semana. Além de perder o cinturão dos meio-pesados do UFC e ser suspenso das lutas por tempo indeterminado, o norte-americano também viu ser encerrado de maneira imediata o seu contrato de patrocínio que tinha com a fornecedora de materiais esportivos Reebok.

Veja Também

Entenda os principais pontos sobre a polêmica de Jon Jones e o acidente de trânsito
UFC retira cinturão de Jon Jones e suspende lutador por tempo indeterminado
Foto publicada por emissora de TV mostra estrago de carro de Jon Jones após batida

O anúncio do rompimento foi feito na manhã desta quarta-feira (29), em comunicado emitido pela empresa à imprensa norte-americana. “Em virtude dos recentes eventos, tomamos a decisão de encerrar nosso contrato com Jon Jones de maneira imediata”, avisou a empresa.

Jon Jones foi um dos primeiros atletas do UFC a firmar acordo de patrocínio individual com a Reebok. O agora ex-campeão dos meio-pesados também viu recentemente um outro contrato com um patrocinador ser encerrado devido a um escândalo fora do octógono. No ano passado, Jones perdeu o acordo com a Nike devido à briga na qual se envolveu com Daniel Cormier durante uma coletiva de imprensa.

A decisão da Reebok, no entanto, não irá afetar o fornecimento de material esportivo para o atleta durante as lutas, e sim somente as ações de patrocínio paralelas. A partir do meio do ano, a empresa será a fornecedora oficial de todos os atletas do UFC, o que deverá incluir Jones quando este estiver apto a retornar após o cumprimento de sua suspensão.

O acidente

Jones se envolveu, na manhã do último domingo (26), em um acidente de trânsito na cidade de Albuquerque, onde mora e treina. De acordo com testemunhas, o campeão do UFC atravessou um sinal vermelho e colidiu com dois carros, um deles guiado por uma motorista que está grávida. O lutador fugiu da cena a pé, sem prestar socorro à vítima.

Para agravar a situação, a polícia de Albuquerque encontrou maconha no veículo de Jones, além de um cachimbo utilizado para o consumo da droga. Quase dois dias depois, Jones se apresentou à polícia para prestar esclarecimentos, mas acabou liberado ao pagar fiança. Assim, o lutador responderá ao processo em liberdade.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments