UFC FN 65: Stipe Miocic massacra Mark Hunt e fica próximo do cinturão dos pesados

Com uma atuação sem riscos, americano espera ter a chance de encarar o vencedor da unificação dos títulos Velasquez x Werdum

S. Miocic (dir.) acerta cotovelada em M. Hunt (esq.) na luta principal do UFC FN 65. Foto: UFC/Getty Images

S. Miocic (dir.) acerta cotovelada em M. Hunt (esq.) na luta principal do UFC FN 65. Foto: UFC/Getty Images

Um massacre! Assim pode-se resumir a atuação do peso pesado Stipe Miocic diante de Mark Hunt. Na luta principal do UFC Fight Night 65, evento realizado na madrugada deste domingo (10), em Adelaide, na Austrália, o norte-americano dominou o rival durante os quase 23 minutos de combate e venceu por nocaute técnico no quinto round. O resultado deixou Miocic, atual quarto colocado do ranking do pesados, próximo de uma chance pelo cinturão da categoria.

Veja Também

Vídeo: Assista aos melhores momentos de Stipe Miocic x Mark Hunt
Miocic manda Hunt para o hospital e quebra recorde do UFC
Fotos: Ex-BBB Clara Aguilar arranca suspiros no Jungle Fight 77

A luta

No confronto entre Miocic e Hunt, quarto e quinto colocado no ranking do pesos pesados, respetivamente, era de se esperar um combate equilibrado. Mas com uma atuação segura, Stipe não quis se arriscar no jogo em pé do neozelandês e, com uma luta taticamente perfeita, controlou as ações desde o início.

Logo no primeiro round, o norte-americano buscou a queda. Mesmo com maior envergadura, Miocic encurtou a distância para ir nas pernas de Mark. No início, o neozelandês, que contava com apoio da torcida australiana, até conseguiu defender. Porém, acabou derrubado ainda no primeiro round.

Mais a vontade na luta, o norte-americano repetiu a estratégia no segundo round e colocou Hunt para solo. Por cima, ele golpeou algumas vezes e até tentou encaixar uma guilhotina, mas Hunt se levantou.

No terceiro round, o combate esteve próximo do fim. Depois de derrubar Mark logo nos primeiros segundos, Miocic soltou vários socos no neozelandês, que sem reação apenas se defendia. O árbitro teve a oportunidade de parar a luta, mas preferiu deixar a disputa continuar até que Stipe cansou de bater.

A história se repetiu no quarto round. Com Mark Hunt extremamente cansado e muito desgastado, Stipe Miocic continuou com sua estrategia sem maiores dificuldades. Com apoio da torcida, o neozelandês ainda conseguiu levantar no minuto final, mas não tinha fôlego para fazer mais nada.

A peleja se definiu no quinto e último assalto. Seguindo o roteiro das parciais anteriores, o norte-americano derrubou Mark Hunt logo nos primeiros movimentos e iniciou o castigo. Com vários socos contra o rosto do neozelandês, o árbitro John Sharp foi forçado a encerrar a disputa à 2m43s do último round.

Com a vitória Stipe Miocic chega ao cartel de 14 triunfos e duas derrotas. Agora, o norte-americano de ascendência croata aguarda o vencedor do duelo entre Cain Velasquez, atual campeão, contra Fabrício Werdum, dono do cinturão interino, para saber se será o próximo da categoria e disputar o título.

Nocautes rápidos

Se a luta principal entre Stipe Miocic e Mark Hunt foi arrastada, o meso não pode-se dizer dos dois combates que a antecederam. Na segunda luta mais importante da noite, o australiano Robert Whittaker precisou de apenas 44 segundos para fazer a alegria da torcida local. Com uma sequência de dois golpes, ele levou Brad Tavares a nocaute.

Por sua vez, o norte-americano Sean O’Connell também foi rápido. Ele precisou de apenas 56 segundos para levar a nocaute o veterano Anthony Perosh, de 42 anos. Com uma sequência rápida de socos, Sean balançou o australiano e nocauteou o rival em pé.

Card preliminar

O programa de abertura do UFC Fight Night 65 também foi intenso. Em oito combates, apenas dois chegaram a decisão dos juízes. Entre nocautes, finalizações e reviravoltas,  o destaques no programa de abertura está o ‘sorridente’ Sam Alvey. Depois de aprontar na pesagem, o lutador com um ‘bronzeado perfeito’ nocauteou Dan Kelly em incríveis 49 segundos.

Resultados do UFC Fight Night 65:

CARD PRINCIPAL

Stipe Miocic derrotou Mark Hunt por nocaute técnico a 2m47s do R5;

Robert Whittaker derrotou  Brad Tavares por nocaute a 44s do R1;

Sean O’Connell derrotou Anthony Perosh a 56s do R1;

James Vick finalizou Jake Matthews com uma guilhotina a 4m53s do R1;

CARD PRELIMINAR

Dan Hooker derrotou Hatsu Hioki por nocaute no R2;

Kyle Noke derrotou Jonavin Webb na decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 30×27);

 Sam Alvey derrotou Dan Kelly por nocaute aos 49s do R1;

 Bec Rawlings finalizou Lisa Ellis com um mata-leão a 4m09s do R1;

Brad Scott finalizou  Dylan Andrews com uma guilhotina no R2;

Alex Chambers finalizou Kailin Curran com um arm-lock a 3m15s do R3;

Brendan O’Reilly derrotou Vik Grujic na decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28, 29×28)

Ben Nguyen derrotou Alptekin Ozkilic por nocaute a 4m59s do R1;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments