Ronda volta a detonar Cyborg: ‘É só um monte de músculos e esteroides sem técnica’

Loira citou revés recente da rival no muay thai para provocá-la e fechou as portas para duelo em peso casado

R. Rousey (foto) superou as bebidas e drogas antes de chegar ao UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Rousey (foto) manteve acesa a rivalidade com Cyborg. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronda Rousey e Cris Cyborg não conseguem mesmo evitar as provocações mútuas. Após a brasileira declarar que seu maior objetivo é bater a rival, mesmo que a luta não valha o cinturão do UFC, foi a vez da norte-americana rebater e detonar a campeã peso pena do Invicta FC. Ronda, porém, foi bem menos comedida em suas palavras, disse que Cyborg não possui técnica e voltou a acusar a desafeta de fazer uso de substâncias proibidas.

Veja Também

Rousey lamenta falta de sucesso no Tinder: ‘Só troco carinhos com meu cachorro’
Vídeo: Ronda finaliza pretendente com chave de braço no filme ‘Entourage’
Ex-candidato à presidência dos EUA enfrenta Holyfield em luta beneficente. Assista!
Minotauro treina com Anderson Silva para luta contra ‘Gigante holandês’ no UFC Rio 7

“É claro (que ela tem medo de mim). O que ela quer é receber dinheiro suficiente para valer a pena a derrota que ela vai sofrer. Ela é uma daquelas pessoas que é só um monte de músculos e esteroides sem técnica”, disse a loira ao podcast “Howard Stern”.

Ronda citou a derrota de Cyborg para Jorina Baars na disputa do cinturão do evento de muay thai Lion Fight para justificar seu ponto de vista. “Ela fez uma luta de muay thai e foi derrubada umas seis vezes. Ela não tem nada de queixo”, disparou. “A técnica dela é uma droga, ela apenas usa a força para vencer”, completou.

Por fim, a campeã do UFC também respondeu se abriria uma concessão e enfrentaria Cyborg em uma luta com peso combinado. “Se eu faria isso? Não. Ela teria que chegar aos 61kg, assim como todas as outras”, decretou.

Mesmo com toda a polêmica envolvendo o nome de Cris Cyborg, Ronda Rousey tem outra brasileira em mente pelos próximos meses: Bethe Pitbull. Ronda e Bethe duelam pelo cinturão da categoria peso galo feminina na luta principal do UFC 190, no próximo dia 1º de agosto, no Rio de Janeiro (RJ).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments