UFC dá sinal verde para realização de evento em Manaus no início de 2016

Prefeitura da capital amazonense comemora resultado de reunião em Las Vegas e projeta atração em estádio da Copa do Mundo

Prefeito de Manaus conversa com sócio do UFC, Lorenzo Fertitta, em Las Vegas. Foto: Divulgação

Prefeito de Manaus conversa com sócio do UFC, Lorenzo Fertitta, em Las Vegas. Foto: Divulgação

O UFC poderá desembarcar em uma nova cidade brasileira no ano que vem. A Prefeitura de Manaus, capital do Amazonas, confirmou ao SUPER LUTAS que recebeu o “sinal verde” do Ultimate para a realização de um evento no primeiro semestre de 2016, após reunião realizada em Las Vegas (EUA), na última sexta-feira (22).

Veja Também

‘Carrasco de brasileiros’, Weidman ‘ganha’ a terceira de Ronaldo Fenômeno
White afirma que Rockhold é o desafiante número um, mas diz que Jacaré poderá disputar cinturão
Netto BJJ bate Índio Brabo e time Shogun abre 6×0 no TUF Brasil 4

O encontro, na sede da Zuffa, proprietária do UFC, envolveu o prefeito da cidade, Arthur Virgílio Neto, e Lorenzo Fertitta, sócio da organização norte-americana. Nas duas horas de conversa, foi definido que a cidade receberá, dentro de 30 dias, o caderno de encargos com as exigências do UFC. Em seguida, os representantes do Ultimate irão à cidade para avaliar os possíveis locais para o evento, para assim poder confirmar oficialmente a atração.

Segundo a prefeitura, há dois locais nos quais a noite de lutas poderá ser realizada. A primeira delas é a Arena Amazônia, inaugurada no ano passado para a Copa do Mundo de Futebol e que possui capacidade para mais de 40 mil pessoas. Outra alternativa é o Ginásio Amadeu Teixeira, que faz parte do complexo do estádio, podendo abrigar cerca de 11 mil espectadores.

Além disso, existem duas datas definidas para o UFC em território brasileiro no primeiro semestre de 2016, mas a Prefeitura ainda não foi informada de qual delas seria ocupada por Manaus.

Evento não contaria com dinheiro público

Aldo (foto) e demais atletas do UFC 179 enfrentam a balança nesta sexta-feira. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Aldo (foto) é o principal representante de Manaus no MMA. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Caso de fato os planos de Manaus saiam do papel, o evento não possuiria investimentos financeiros provenientes de recursos públicos. A 9ine, empresa de marketing esportivo fundada pelo ex-jogador de futebol Ronaldo Fenômeno, arcará com os custos de logística. O próprio Ronaldo, que foi a Las Vegas para assistir à luta de Vitor Belfort, seu agenciado, no UFC 187, participou da reunião com o prefeito e Fertitta.

Virgílio Neto comemorou o andamento das negociações, o que poderá pôr enfim a cidade na rota do UFC, um desejo antigo. “Manaus mostra que está cada vez mais apta e reconhecida por todo o mundo. Diretores do UFC já haviam ido ao Amazonas antes da Copa do Mundo, mas agora é um momento diferente. Já temos experiência em grandes eventos e o sinal verde foi dado. É importante dizer que não teremos dinheiro público envolvido nisso, pois é a 9ine que está levando o evento. Eles estão apostando em Manaus. Vamos dar apenas o suporte logístico da cidade”, destacou o prefeito.

O UFC possui em seu plantel lutadores que têm relação com Manaus. O principal deles é José Aldo, campeão dos penas da organização, que nasceu na cidade. Além dele, também representam a capital amazonense Ronaldo Jacaré, Adriano Martins, Alan Nuguette, Diego Brandão, entre outros.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments