Netto BJJ bate Índio Brabo e time Shogun abre 6×0 no TUF Brasil 4

O programa também mostrou desistência de Giovanni Soldado, que foi obrigado a desistir por conta de contusões. Reginaldo Vieira assume seu lugar

Netto (dir.) acerto Índio Brabo na trocação. Foto: Twitter/UFC

Netto (dir.) acerto Índio Brabo na trocação. Foto: Twitter/UFC

O massacre parece não ter fim e o Time Shogun venceu mais uma no TUF Brasil 4. No oitavo episódio da série, exibido na madrugada desta segunda-feira (25), Joaquim Netto BJJ derrotou Erick “Índio Brabo” da Silva na decisão dos juízes e aumentou para 6×0 a vantagem sobre a equipe dos irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro. Com o resultado, Netto garantiu vaga na semifinal do reality show do UFC entre os pesos leves.

Veja Também

Clima esquenta em coletiva do UFC 187 e Cormier quase briga com Ryan Bader
Internautas não perdoam derrota de Vitor Belfort e se divertem com memes
Belfort chora após derrota para Weidman: ‘Cheguei a sentir o gostinho da vitória’
Belfort quase consegue nocaute, mas Weidman vira e defende o cinturão no UFC 187

A edição também foi marcada pela desistência de Giovanni Soldado do programa. O representante do Time Shogun já havia sentido lesões no ombro e virilha. Mas uma infecção na boca e os efeitos colaterais dos medicamentos foram o fatores determinantes para que ele não continuasse na disputa.

Em seu lugar, o presidente do UFC, Dana White, selecionou  Leandro Higo, da equipe dos irmãos Nogueira. Mas ele também sentiu uma contusão na costela em sua luta contra Bruno Korea e também abriu mão da vaga. Por fim, Reginaldo Vieira foi o escolhido para enfrentar Matheus Adamas, combate entre atletas do Time dos Minotauro/Minotouro.

O episódio

O programa desta semana começou com uma rápida retrospectiva do combate anterior entre Bruno Korea e Leandro Higo. Derrotado, o Higo foi até o adversário e pediu desculpas por não ter o cumprimentado após a luta entre eles. Bruno aceitou prontamente e esticou a mão em um sinal respeito.

Em seguida, as equipes deram início a preparação para o combate entre Joaquim Netto BJJ e Erick Índio Brabo da Silva.

Na entrevista pré-combate Índio Brabo revelou que precisa conseguir um contrato com o UFC para ajudar seu pai, que sofre com uma hérnia de umbigo.  Por sua vez, Netto contou das dificuldades para chegar até o TUF e o sonho em fazer carreira no Ultimate.

A luta

Após passarem pela balança sem maiores dificuldades, Netto BJJ e Índio Brabo fizeram um dos combates mais movimentados da edição. Com troca franca de golpes e alternância no controle da disputa, os atletas levaram seus técnicos e companheiros de equipe ao delírio em vários momentos.

Netto começou a luta andando para frente em busca do combate, mas era Índio Brabo quem acertava os melhores golpes. Com contragolpes contundentes, o representante do Time Nogueira incomodava o rival. Erick ainda conseguiu uma queda no final do primeiro round, mas não conseguiu manter Joaquim no solo por muito tempo.

No segundo round, Netto precisou abriu o jogo e conectou os melhores golpes. Erick sentiu um soco do rival, que aparentemente quebrou seu nariz. A partir daí, o atleta do Time Shogun abriu o caminho para a vitória. Ele conseguiu um  knockdown com um fortíssimo overhand de direita.

Com um assalto para cada lutador, os juízes decidiram que um terceiro round decidiria a disputa. Sentindo a contusão no nariz, Índio Brabo tentou resolver logo no início da parcial e soltou vários golpes contra o adversário. Mas a maioria passou no vazio. Netto BJJ voltou a acertar o nariz lesionado de Erick, que sangrava muito.

Em busca da virada, Erick insistiu nas tentativas de queda, mas BJJse defendia e castigava o rosto do rival com socos e cotoveladas. Ao final, vitória de Netto BJJ na decisão unânime dos juízes.

Semifinalistas

Com a vitória de Joaquim Netto BJJ ele se junta aos companheiros de equipe Glaico França e Nazareno Malegarie como semifinalistas do peso leve. Já entre os galos, Matheus NicolauDileno Lopes e Bruno Korea, também do Time Shogun, estão entre os quatro melhores.

Próxima luta

Com a saída de Giovanni Soldado do programa, a próxima luta traz dois representantes do Time dos irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro. Matheus Adamas encara o companheiro de equipe Reginaldo Vieira que recebeu a oportunidade de voltar a competição. O duelo vale a última vaga na semifinal do programa entre os pesos galos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments