Clima esquenta em coletiva do UFC 187 e Cormier quase briga com Ryan Bader

Novo campeão discutiu e expulsou o rival da sala de imprensa onde acontecia a entrevista

Cormier e Bader discutem durante coletiva. Foto: Twitter/Reprodução

Cormier e Bader discutem durante coletiva. Foto: Twitter/Reprodução

O presidente do UFC Dana White disse que quando Jon Jones retornar ao UFC ele terá sua chance pelo cinturão imediatamente. Mas, caso “Bones” não tenha condições de retornar imediatamente ou nos próximos meses, o adversário do novo campeão Daniel Cormier em sua primeira defesa de cinturão já parece estar se desenhando: Ryan Bader.

Veja Também

Vídeo: Assista aos melhores momentos de Chris Weidman x Vitor Belfort no UFC 187
Cormier bate Johnson, fatura título vago e avisa Jon Jones: ‘Estou te esperando’
Belfort chora após derrota para Weidman: ‘Cheguei a sentir o gostinho da vitória’
UFC 187: Em decisão dividida, Sapo leva a melhor sobre ‘inimigo’ no card preliminar

Durante a entrevista coletiva após o UFC 187 (assista ao vídeo abaixo), Bader apareceu na sala de imprensa e o clima entre ele e Cormier acabou esquentando. Os dois por pouco não chegaram às vias de fato e DC praticamente expulsou o rival do local.

“Tem outra pessoa por aí que está precisando de tomar um chute no traseiro. Acho que ele está por aqui. É o Ryan Bader. Eu vou acabar com ele… Continue falando, Bader, continue falando… Esse cara é tão desrespeitoso… Eu estava tentando lutar contra o Anthony Johnson e ele ficou me mandando mensagens idiotas no Twitter porque ele quer que as pessoas achem que ele merece uma chance pelo título”, disse Cormier, já direcionando as palavras ao desafeto.

“Vem aqui, Bader. Você pode lutar comigo quando quiser. Você só vai tomar uma surra como tomaria em junho (quando eles lutariam se Cormier não tivesse substituído Jon Jones). Eu não pulei fora de nenhuma luta. Nem uma vez! Eu não evitei lutar com você. Na verdade, eu pedi pra lutar com você, porque eu queria o dinheiro fácil. Eu pedi pra lutar com você várias vezes. Eu disse: ‘Eu quero o lutador mais fácil da categoria, eu quero Ryan Bader!'”. Só me dê o meu pagamento e dê o fora daqui, seu otário, essa é a minha coletiva de imprensa!”, bravejou o campeão.

Aos 36 anos, Daniel Cormier tem um cartel profissional de 16 vitórias e apenas uma derrotas. Com a vitória sobre Anthony Johnson na luta principal do UFC 187, o atleta da American Kickboxing Academy (AKA) se tornou o 13º campeão da história da categoria de peso meio-pesado, com limite de peso até 93 kg.

Assista a discussão entre Daniel Cormier e Ryan Bader após o UFC 187

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments