UFC 187: Em decisão dividida, Sapo leva a melhor sobre ‘inimigo’ no card preliminar

Brasileiro se desentendeu com Uriah Hall na pesagem e voltou a ter clima tenso com rival durante a luta; confira os resultados do evento

Sapo (foto) chegou a três vitórias consecutivas. Foto: Josh Hedges/UFC

Sapo (foto) chegou a três vitórias consecutivas. Foto: Josh Hedges/UFC

O clima entre Rafael Sapo e Uriah Hall já vinha tenso desde a pesagem desta sexta-feira (22), quando eles se estranharam e sobrou até um empurrão do jamaicano no brasileiro. Porém, a rivalidade não se converteu em um combate movimentado, embora não tenham faltado polêmicas na vitória de Sapo, que levou a melhor por decisão dividida após três assaltos, e aparentemente encontrou um “inimigo” no vice-campeão do TUF 17.

Veja Também

UFC 187 – Chris Weidman x Vitor Belfort – Resultados
Infográfico UFC 187: Chris Weidman vs. Vitor Belfort
Vídeo: Em “duelo de gerações”, Belfort busca título histórico contra Weidman

Antes mesmo do anúncio oficial de Bruce Buffer, Hall avançou pra cima de Sapo e foi repreendido pelo árbitro. O troco do mineiro veio ao soar do gongo, Sapo, ao que tudo indica, de forma não intencional, atingiu o rival com um chute baixo. O jamaicano se recuperou, mas não engoliu bem a investida do rival e a tensão entre os dois ficou ainda mais evidente.

Com muita confiança e a guarda baixa, Hall começou a luta caminhando pra frente e conectando a maioria dos golpes. Após sofrer uma sequência de chutes do ex-participante do TUF 17, Rafael tentou levar a luta para o chão, mas sem sucesso. No fim da parcial, o brasileiro finalmente conseguiu levar o rival para o chão, mas Hall rapidamente se colocou de pé novamente.

No segundo round, Rafael voltou melhor na trocação e com isso abriu espaço para levar Hall novamente para o chão, desta vez com mais tempo para trabalhar seu jiu-jitsu faixa-preta. Ao tentar levar o rival para a grade, no entanto, o brasileiro viu o vice-campeão do TUF conseguir se levantar. A 30 segundos do fim da parcial, o brasileiro viu sua vantagem diminuir ao sofrer duas quedas consecutivas.

No último round, houve pouca movimentação e muito estudo de ambas as partes, com os lutadores demonstrando bastante cansaço e pouca urgência diante do fim do tempo regulamentar. Ao término dos três assaltos, os jurados declararam Rafael Sapo vencedor por decisão dividida, com dois deles declarando-o vencedor por 29-28.

Após o combate, Sapo até tentou se entender com Hall, mas o jamaicano não quis saber de papo com o brasileiro, simplesmente virando as costas e deixando-o falando sozinho. Agora, Rafael ampliou sua série invicta para três triunfos consecutivos e seu profissional de 20 vitórias, seis derrotas e um empate.

Confira abaixo os resultados do UFC 187:

CARD PRINCIPAL

Meio-pesados: Anthony Johnson x Daniel Cormier;

Médios: Chris Weidman x Vitor Belfort;

Leves: Donald Cerrone x John Makdessi;

Pesados: Travis Browne x Andrei Arlovski;

Moscas: Joseph Benavidez x John Moraga;

CARD PRELIMINAR

Moscas: John Dodson venceu Zach Makovsky por decisão unânime dos juízes;

Dong Hyun Kim finalizou Josh Burkman no R3;

Médios: Rafael Sapo venceu Uriah Hall por decisão dividida dos juízes;

Meio-médios: Colby Covington derrotou Mike Pyle por decisão unânime dos juízes;

Leves: Islam Makhachev venceu Leo Kuntz por finalização no R2;

Moscas: Justin Scoggins venceu Josh Sampo em decisão unânime dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments