Cormier bate Johnson, fatura título vago e avisa Jon Jones: ‘Estou te esperando’

Norte-americano passou susto logo de cara, mas se recuperou e conseguiu a finalização no terceiro assalto

Cormier (foto) já havia perdido pra J. Jones em janeiro deste ano. Foto: Josh Hedges/UFC

Cormier (foto) já havia perdido pra J. Jones em janeiro deste ano. Foto: Josh Hedges/UFC

Após quase quatro anos, a categoria de pesos meio-pesados do Ultimate tem um novo campeão: Daniel Cormier. Mas o atleta da American Kickboxing Academy segue com a cabeça no antigo detentor do título Jon Jones. Neste sábado (23), na luta principal do UFC 187, Cormier bateu Anthony Johnson, faturou o cinturão vago da divisão até 93 kg e mandou um recado direto para Jones, que segue aguardando o desfecho judicial de seu mais recente problema com a lei.

Veja Também

Belfort quase consegue nocaute, mas Weidman vira e defende o cinturão no UFC 187
UFC 187: Em decisão dividida, Sapo leva a melhor sobre ‘inimigo’ no card preliminar
Infográfico UFC 187: Chris Weidman vs. Vitor Belfort

Para faturar o título, DC, que no ano passado brigou com Jones durante um evento promocional em Las Vegas (EUA) e no último mês de janeiro acabou derrotado pelo ex-campeão, mostrou muito mais do que somente os atributos que o levaram aos primeiros lugares do ranking da categoria de meio-pesados. Além do wrestling de altíssimo nível, com as credenciais de quem já foi quarto lugar nos Jogos Olímpicos, Cormier resistiu a um duro castigo de Johnson e mostrou versatilidade para finalizar o rival.

Logo nos minutos iniciais, Daniel sofreu knockdown duríssimo de Johnson, que o desestabilizou completamente. Porém, Cormier conseguiu se recompor ao longo do round e terminou a parcial por cima, após quedar o rival e controlar a posição. O momento se inverteu completamente no segundo assalto, quando Cormier teve o domínio completo das ações e abriu ampla vantagem, com direito até a queda cinematográfica pra cima do rival.

No terceiro assalto, Johnson já apresentava um sangramento abundante no rosto e sinais claros de cansaço. Cormier se aproveitou bem da condição do rival e partiu para encerrar o combate, o que acabou acontecendo assim que ele tomou as costas de AJ e conseguiu um mata-leão.

Após o duelo, dois fatos chamaram a atenção. O primeiro foi que coube a Anthony Johnson, e não ao presidente Dana White, como é de costume, a tarefa de colocar o cinturão no novo campeão Daniel Cormier. Além disso, o comentarista oficial Joe Rogan até tentou entrevista DC, mas ele tinha uma mensagem bastante clara para enviar. “Que você, Joe Rogan, e os 14 mil fãs aqui me desculpem, mas eu só quero falar para uma pessoa: Jon Jones, se recomponha p****, eu estou te esperando”, gritou, antes de deixar o octógono.

Confira os resultados do UFC 187:

CARD PRINCIPAL

Meio-pesados: Daniel Cormier finalizou Anthony Johnson no R3;

Médios: Chris Weidman venceu Vitor Belfort por TKO no R1;

Leves: Donald Cerrone venceu John Makdessi por TKO no R2;

Pesados: Andrei Arlovski venceu Travis Browne por TKO no R1;

Moscas: Joseph Benavidez venceu John Moraga por decisão unânime;

CARD PRELIMINAR

Moscas: John Dodson venceu Zach Makovsky por decisão unânime;

Meio-médios: Dong Hyun Kim x Josh Burkman;

Médios: Rafael Sapo venceu Uriah Hall por decisão dividida dos juízes;

Meio-médios: Colby Covington derrotou Mike Pyle por decisão unânime dos juízes;

Leves: Islam Makhachev venceu Leo Kuntz por finalização no R2;

Moscas: Justin Scoggins venceu Josh Sampo em decisão unânime dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments