Bethe Pitbull: ‘Vou nocautear a Ronda, mostrar que ela é uma farsa’

Brasileira, que faz a luta principal do UFC 190 no Rio, disse que não se arrepende de nada que disse da rival, nem mesmo de ter citado seus problemas pessoais

Rousey (esq.) e Correia (dir.) podem se enfrentar no Rio de Janeiro. Foto: Produção Super Lutas (Divulgação/UFC)

Correia (esq.) encara Ronda (dir.) em agosto. Foto: Produção Super Lutas (Divulgação/UFC)

No próximo dia 1º de agosto, no Rio de Janeiro (RJ), Bethe Pitbull desafia a campeã Ronda Rousey pelo título da categoria peso galo feminina. Enquanto Ronda divide suas atenções entre a defesa de cinturão e sua vida de celebridade, com o lançamento de seu livro e participações no cinema, a brasileira mantém foco total na luta principal do UFC 190. Em entrevista, Bethe não poupou críticas à rival e garantiu que vai nocautear Rousey.

Veja Também

Ronda Rousey revela desejo em fazer lutas ‘dos sonhos’ com Jones e namorado de Miesha Tate
Vítima de Lyoto e Jacaré, Mousasi desafia Belfort para ‘luta limpa’ no UFC Japão
Weidman revela problema antes de enfrentar Belfort: ‘Estava com vontade de ir ao banheiro’
Vitor Belfort deixa o ranking peso por peso do UFC após derrota para Chris Weidman

“Eu quero nocautear a Ronda, mostrar que ela é uma farsa. Ela disse que deseja trocar, quero ver. Quero desmoralizá-la e provar ao mundo que ela não tem MMA. A Ronda tem sorte com seu judô, que foi aplicado nas meninas, que se atrapalharam. A meninas que ela lutou são ótimas, mas aposto que se lutarem novamente, vão ganhar da Ronda. A Ronda é cheia de frustrações e está vivendo enclausurada nisso, vivendo nesse conto de fadas. Eu sou realidade, guerreira, mulher brasileira”, disparou a desafiante, em entrevista ao site do canal “Combate.

Além disso, a brasileira disse que não se arrepende de nada do que foi dito sobre a rival, nem mesmo ter tocado nos problemas pessoas que Ronda relatou ter vivido após a derrota nos Jogos Olímpicos. “Nunca me arrependi de nada do que eu falei. Pelo contrário, me arrependo de não ter falado mais (risos). O que é feito de coração, não tem maldade. É ruim quando você fala mentira, inventa, calunia. Eu, não. Falo o que penso da Ronda. (…) Eu só falei a verdade, foi um depoimento dela mesma, depois que perdeu nas Olimpíadas. Eu jamais cairia nisso (drogas), tenho 31 anos, passei por situações muito difíceis. Nunca caí nas drogas, nem briguei com a minha mãe e fugi de casa. Eu encaro a vida como ela é”, afirmou.

Por fim, Bethe garantiu que Ronda recebe mais crédito do que deveria por seus feitos e que, além disso, a loira está subestimando suas qualidades. “Se você olhar bem, a Ronda nunca mostrou um jogo de MMA. Ela usa apenas o jab para se aproximar e quedar. Ela disse que quer trocar comigo, o que eu adoraria. Quero muito ver o jogo de MMA dela e ver o que acontece. Sou atleta do MMA, então ela está entrando na minha área, na minha zona de conforto. Tenho uma cabeça boa, não fico na defensiva, mas também não vou para cima com tudo. Penso bem no que fazer, com inteligência. Se vier com agressividade ou muito passiva, vai se ferrar comigo. Será a luta mais dura da vida dela, pois ela está me subestimando”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments