Bisping detona atuação de Belfort contra Weidman: 'Pareceu o covarde que ele é' | SUPER LUTAS

Bisping detona atuação de Belfort contra Weidman: ‘Pareceu o covarde que ele é’

Inglês expressa desejo em ‘socar e chutar’ a cara do brasileiro e faz diversas críticas ao físico do ‘Fenômeno’ no UFC 187

M. Bisping (foto) deu sua opinião sobre Belfort. Foto: Josh Hedges/UFC

M. Bisping (foto) deu sua opinião sobre Belfort. Foto: Josh Hedges/UFC

Os velhos rivais de Vitor Belfort aproveitaram a derrota do brasileiro para Chris Weidman no último sábado (23), no UFC 187, para desferirem críticas pesadas ao “Fenômeno”. Desta vez foi Michael Bisping que não poupou palavras para comentar a atuação de Belfort, que perdeu para o campeão dos médios por nocaute técnico ainda no primeiro round.

Veja Também

Bisping, nocauteado por Belfort em janeiro de 2013, vem criticando o brasileiro desde então, acusando-o de obter uma vantagem ilegítima com o uso da terapia de reposição de testosterona (TRT). Agora que o brasileiro não tem mais autorização para realizar o tratamento, o inglês destacou a mudança física do rival.

“Eu olhei para Belfort e ele parecia, literalmente, metade do homem que costumava ser. Suas pernas pareciam duas pernas de galinha, presas a um corpo de uma mulher. Para ser sincero, parecia que meu filho de 14 anos poderia ter lhe dado uma surra. Chris Weidman fez com que ele parecesse ser o covarde que ele de fato é”, disse Bisping, segundo o site norte-americano “MMA Junkie”.

Bisping afirmou que tem desejo em reeditar a luta com Belfort, mas assumiu que essa não é sua prioridade no momento. “Claro, eu gostaria de vingar aquela derrota do meu cartel, mas não sei se vingança é a palavra correta. Ele estava com uma vantagem injusta com a TRT. Quero chutá-lo e socá-lo na cabeça, simples assim. Mas estou focado no título. Lutar com Vitor não é algo que me ajudaria a conquistar isso, mas eu adoraria dar um soco na cara dele.”

Bisping já tem data marcada para retornar ao octógono do UFC: será no dia 18 de julho, em Glasgow, na Escócia, quando enfrenta o também brasileiro Thales Leites.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments