Novo campeão, Cormier garante: ‘Vou representar bem o esporte e não fazer besteira’

Dono do cinturão até 93 kg reconhece, no entanto, que sua vitória sobre Johnson mostra o quão competitivo Jon Jones é

Cormier (dir.) bateu Johnson (esq.) e ainda faturou bônus; Weidman também ficou com prêmio. Foto: Reprodução

Cormier (dir.) bateu Johnson (esq.) e conquistou título do UFC. Foto: Reprodução

Daniel Cormier, que no último sábado (23) se consagrou como o novo campeão dos meio-pesados do UFC, garantiu que não irá seguir o caminho de seu antecessor, Jon Jones, e representará bem o MMA perante o público.

Veja Também

Clima esquenta em coletiva do UFC 187 e Cormier quase briga com Ryan Bader
Abatido com derrota em luta pelo cinturão, Anthony Johnson promete: ‘Eu vou voltar’
Vitor Belfort pega suspensão médica de seis meses após derrota para Chris Weidman

Cormier conquistou o título ao finalizar Anthony Johnson no terceiro round da luta principal do UFC 187, em Las Vegas (EUA). O cinturão estava vago, já que Jones foi destituído do posto após se envolver em um polêmico acidente de trânsito e fugir sem prestar socorro à vítima.

Em entrevista ao podcast “The MMA Hour”, Cormier disse: “Eu acredito que vou representar este esporte da melhor maneira possível. Eu não vou fazer besteira, não vou me meter em problemas. Vou viver a minha vida da maneira correta e vou ser um campeão que irá inspirar as crianças”, afirmou.

Mesmo que o comentário tenha sido uma indireta a Jones, Cormier reconheceu que sua luta contra Johnson mostrou o quão forte é o antigo campeão. Jones e Cormier se enfrentaram em janeiro deste ano, com vitória do primeiro na decisão dos juízes.

“Acho que sábado mostrou o quão especial o garoto é se estiver com tudo em ordem. É uma loucura pensar que ele me derrotou e eu derrotei Anthony Johnson. Eu quero competir contra ele e espero que ele se recomponha para que possamos lutar novamente”, afirmou o novo campeão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments