Ricardo Demente faz luta dura, mas perde invencibilidade no UFC FN 68

Brasileiro, que ficou mais de um ano afastado das competições, sentiu a falta ritmo e perdeu sua invencibilidade no MMA para Jake Collier

J. Collier (esq.) derrotou o brasileiro R. Demente no UFC FN 68. Foto: Josh Hedges

J. Collier (esq.) derrotou o brasileiro R. Demente no UFC FN 68. Foto: Josh Hedges

O brasileiro Ricardo Demente conheceu, na noite deste sábado (06), sua primeira derrota no MMA. Afastado do octógono desde maio de 2014, o ex-participante do TUF Brasil pareceu sentir a falta de ritmo e acabou caindo diante de Jake Collier na decisão dividida dos juízes. O combate fez parte do card preliminar do UFC Fight Night 68, realizado em New Orleans.

Veja Também

Thiago Jambo vence ‘luta de amigos’ no WSOF 27
Equipe de Ryan Bader não esconde desânimo ao ver Gustafsson lutando pelo cinturão
War Machine tem pedido negado e causa tumulto em tribunal nos Estados Unidos

A luta

Conhecido por sua longa trajetória no jiu-jitsu, Ricardo Demente surpreendeu no início da luta ao tentar trocar socos com Collier. Por sua vez, o norte-americano, 16cm mais alto, fez valer a maior envergadura e acertava os melhores golpes. O brasileiro tentava responder com golpes de encontro, mas sem grande efetividade.

Na segunda parcial, Collier fez valer seu jogo. Ele golpeou o brasileiro na luta em pé, forçando Demente a recuar em vários momentos. Na metade do assalto, o rosto de Ricardo já apresentava um sangramento. A um minuto do final, Demente conseguiu uma queda. Mas com pouco tempo no relógio ele não pôde buscar a finalização e apenas conseguiu soltar alguns socos na costela do rival.

No terceiro round a luta ficou emocionante. Apesar dos atletas estarem claramente cansados, os atletas aceitaram a troca franca de golpes. Jake tomava a iniciativa, mas Demente respondia com boas combinações. Ricardo ainda tentou derrubar o norte-americano, mas ele se defendeu muito bem e se manteve em pé. Nos segundos finais, Demente ainda teve um bom momento, mas o gongo interrompeu a disputa.

Ao final, os juízes decretaram o triunfo de Jake Collier de forma dividida (29×28, 28×29, 29×28). Com o triunfo, o norte-americano soma a nona vitória na carreira e se recupera do revés diante do também brasileiro Vitor Miranda.

Resultados do card preliminar do UFC Fight Night 68:

Shawn Jordan derrotou Derrick Lewis por nocaute técnico a 48s do R2;
Omari Akhmedov derrotou Brian Ebersole por nocaute técnico (contusão) a 5m do R1;
 Chris Wade derrotou Christos Giagos na decisão unânime dos juízes (29×28, 30×27, 29×28);
Joe Proctor finalizou Justin Edwards com uma guilhotina a 4m58 do R3;
Jake Collier derrotou Ricardo Demente na decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28);
José Quiñonez finalizou Leonardo Morales com um mata-leão a 2m34s do R1;

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário